[Resenha] Veronica e os pinguins - Hazel Prior

“Veronica e os pinguins” autora: Hazel Prior; Editora: TAG Inéditos; 347 páginas.

Recebi esse livro na caixinha de fevereiro da Tag Inéditos e de cara já me encantei pela capa. Mas só depois que fui lendo é que fui entendendo as referências dos elementos: a bolsa, o cachecol e a touquinha nos pinguins. E eu não poderia estar mais encantada!

Veronica é uma senhora de 86 anos bem rica e rabugenta...

Não. A verdade é que essa senhora já foi uma jovem que sofreu muito na vida e por isso utiliza de uma “casca” para se proteger. No fundo ela é um doce, uma das pessoas mais sensíveis e amorosas. E também um tanto ardilosa, preciso admitir.

No início do livro conhecemos a rotina pacata de Veronica, rotina comum para uma pessoa da idade dela. Mas acontece que ela não é uma pessoa comum. Quando ela descobre que tem um neto, marca imediatamente para conhece-lo, mas se decepciona ao chegar ao local e encontrar a casa do neto em uma total desordem e descobrir também que ele é usuário de maconha.

Com essa grande desilusão, ela se vê obrigada a pensar em um destino melhor para o dinheiro de sua herança e, ao assistir um programa de televisão que retrata a vida dos Pinguins-de-Adélia, ela decide que esse é o melhor destino para seu dinheiro, mas antes, precisa ter certeza e para isso o que seria melhor do que ir conferir pessoalmente no meio do terrível frio da Antártida? Ela não pede autorização, só manda o comunicado que está indo para lá e vai.

Assim que chega ao local, é recebida pelo grupo de cientistas que não parecem muito satisfeitos em hospedá-la, afinal, ela é uma idosa no meio de condições um tanto precárias que foi de teimosa. No entanto, aos poucos, a presença de Veronica por ali se torna necessária.

“Nos tornamos mais interessantes conforme ficamos mais velhos”.

Enquanto isso, Patrick, o neto de Veronica, recebe de Eileen – mulher que cuida da casa de Veronica – uma caixa com um diário. As instruções para lê-lo vieram da própria Veronica e Patrick se surpreende com a história que descobre ao começar a ler as páginas desse diário. As páginas contam sobre a juventude de Veronica e, também, revelam muito sobre as origens de Patrick.

Com uma inesperada doença de Veronica, Patrick parte para Antártida ao encontro da avó. Agora com informações sobre aquela senhora, ele se vê muito mais próximo dela e quer saber ainda mais e viver mais com ela. Ao mesmo tempo que Veronica também usa algumas artimanhas para conhecer mais dele. Acasos do destino acabam estreitando as relações entre avó e neto em meio ao intenso frio da Antártida.

A história que começa simples, vai conquistando página por página ao trazer pequenas revelações que se entrelaçam e que vão construindo relações de deixar o coração quentinho. Personalidades cativantes, enredo divertido e profundo. Mais do que a história dos personagens, a autora trás em sua narrativa um compromisso de conscientização sobre os pinguins, um alerta sobre a extinção e uma verdadeira demonstração de quão linda é a natureza.

25 anos, jornalista e fundadora do Portal Estante da Josy

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.