Ultimas

No youtube

No youtube

ÚLTIMOS POSTS

12 dezembro 2019

[Resenha] Ensaio sobre a lucidez - José Saramago

“Ensaio sobre a lucidez”; autor: José Saramago; editora: Companhia das Letras, 325 páginas.


Após quatro anos desde a última eleição, que foi descrita no livro “Um ensaio sobre a cegueira” acontece um novo grande manifesto. No dia da eleição, as pessoas tardam a sair de suas casas para cumprir a obrigação eleitoral e, quando finalmente o fazem, algo incomum acontece. Ao serem contabilizados os votos é declarado que oitenta e três por cento da população votou em branco, uma calamidade! Esse foi o início de um protesto silencioso contra um governo opressor.

Os dois partidos que competiam ficaram com apenas 8 por cento dos votos, igualmente e dessa forma não poderia ser eleito um vencedor. Dadas as circunstâncias, eles decidem refazer a eleição, mas são surpreendidos quando, novamente, o resultado traz uma quantidade muito superior de votos em branco.
“... é porque aqueles votos em branco, que vieram desferir um golpe brutal contra anormalidade democrática em que decorria a nossa vida pessoal e colectiva, não caíram das nuvens nem subiram das entranhas da terra, estiveram no bolso de oitenta e três em cada cem eleitores desta cidade, os quais, por sua própria, mas não patriótica mão, os despuseram nas urnas.”
Uma ação como essa não parecia ter sido despropositada, então os lideres políticos decidem começar a investigar. Começaram de leve, perguntando as pessoas em quem votaram. Elas, conhecedoras de seus direitos, sempre diziam que tinham direito de manter seu voto em privacidade. Não importava quantas pessoas eram interrogadas, todas sempre tinham a mesma resposta na ponta da língua.

Um caos foi instaurado. A população era resistente em manter o silêncio e o governo era persistente em encontrar o autor desse “crime”. Para eles, havia um responsável por essa ação contra a política e eles estavam dispostos à uma guerra para descobrir o que estava acontecendo e dar um jeito no culpado.
“Em primeiro lugar haverá que decidir quem irá sair da cidade e quem nela ficará.”
Começaram punindo as pessoas, cortaram o serviço de coleta de lixo. Mas foram surpreendidos quando na manhã seguinte, no mesmo horário, todas as donas de casa saíram em direção à suas ruas, varrendo e recolhendo todo o lixo. Essa era uma resposta silenciosa, retrucando o castigo.

Mas uma pessoa, a ovelha negra do grupo, achou que estavam errados em agir assim e decidiu mandar uma carta para os líderes políticos onde relatava coisas importantes. Foram as palavras dessa carta que conseguiram dar um novo rumo as investigações. Por mais resistência que tinham, o governo não cederia tão fácil.

A narrativa do livro é bem diferente do que estamos acostumados. As estrofes são imensas, tendo casos que um parágrafo começa no início do capítulo e só termina no final, cerca de cinco páginas depois. Os diálogos não possuem nenhuma indicação comum para começar (travessão ou aspas) são simplesmente inseridos no meio da descrição da cena.

A linguagem também é mais rebuscada e arcaica. Fiquei surpresa quando encontrei a palavra “Mentecaptos”, palavra que só tinha ouvido antes por um youtuber gamer.

Apesar de toda essa complexidade na narrativa, é possível acompanhar a história sem percas. O ritmo se desenvolve de sua própria forma e o assunto abordado nos instiga a saber como seria esse universo que está tão perto da nossa realidade. Mesmo tendo sido escrito em 2004 continua sendo muito atual, com críticas sociais e políticas muito importantes e questionamentos relevantes. Um misto de sátira e críticas narradas de uma foram única.



Compre:  





10 dezembro 2019

[Série] Diário de horrores | O curioso, a nova lenda urbana

“O curioso. Dizem que ele coleciona histórias estranhas. E se você ouvir o assobio dele, sabe que alguma coisa arrepiante vai se revelar.”

É com essa frase que cada episódio da série “Dário de horrores”, Creeped Out, no título original, é iniciada. Mostrando sempre na cena de introdução uma figura misteriosa usando uma máscara e assoviando.

A série lançada em 2017 pela CBBC tem sua história contada de forma antológica, com cada episódio único. Sua forma de narrativa e até mesmo algumas das temáticas apresentadas, lembra a famosa série Black Mirror, trabalhando o medo futurístico do avanço da tecnologia.

Apesar do título conter a palavra “horrores”, a série não se classifica como “horror”. As histórias podem até impressionar, mas o suspense é o maior foco, evitando assim cenas fortes. Todo o terror é psicológico (não estou dizendo que esse é menos assustador). Dessa forma, pessoas facilmente impressionáveis, não precisam se preocupar. A classificação é de 10 anos.

Atualmente ela tem suas duas temporadas disponíveis na Netflix, totalizando o número de 18 episódios, cada um com duração de aproximadamente 25 minutos.

O primeiro episódio já desperta atenção pelo tema tão atual: a dependência dos aparelhos celulares, principalmente pelos adolescentes. Uma jovem ganha de seu celular o incrível dom de ser popular, mas toda alegria some quando ela descobre que o aparelho tem vontades próprias.

O tema se repete na segunda temporada, no episódio 6 em que a protagonista é viciada em tirar selfies e ao encontrar o aplicativo que promete tirar a selfie perfeita, ela entrega mais do que seus dados no contrato que ela aceita sem ler.

Além do medo cibernético, vários outros contos apresentados possuem o objetivo de surpreender o mesmo público alvo: os jovens. Problemas com a família, autoestima e “má-criação”, são os principais assuntos abordados nos episódios que compõem a trama. Ao final de cada um, é possível encontrar uma reflexão. Não só com o desfecho sempre impactante, como também pelas últimas palavras narradas sempre ao finalizar cada episódio.

O episódio 6 da segunda temporada foi o que mais me atraiu. Uma casa totalmente tecnológica cria vida própria ao ser anunciado que uma atualização iria acontecer. Apegada com a família e incomodada com os irmãos sempre brigando, ela resolve dar uma lição neles antes de deixar existir. Mas isso se ela deixar de existir, porque assim que ganha vida, ela não quer mais desistir. Um episódio que mostra a importância da família acima de tudo e que brinca com o medo tecnológico mais uma vez.

Diário de Horrores é como as histórias que os pais contam para assustar os filhos e impedi-los de fazer alguma coisa errada. Sem precisar de muito efeito visual, ela impressiona apenas pela história bem escrita e tão contemporânea. Dando vida a todos os monstros das lendas urbanas, ela apresenta: o curioso. O ser misterioso que está presente em todos os lugares e faz as coisas mais bizarras por curiosidade e, talvez, por diversão.

Assista o trailer aqui:




07 dezembro 2019

Economize no presente de natal | Dicas para adquirir livros de graça ou com super descontos

Oi oi, leitores! Como vocês estão? Estão ansiosos para o Natal? Já compraram os presentes? Se ainda não comprou, vou dar dicas incríveis agora para você economizar ainda mais e entrar 2020 com o pé direito.

Todas as dicas que eu vou mencionar foram testadas por mim e realmente funcionam. Mas preciso dizer que algumas delas você vão precisar ter um pouquinho de paciência, mas garanto que vale muito a pena. As dicas valem não só para a compra de livros como também de diversos outros produtos, ou seja, é para economizar de verdade em tudo! Vamos lá!




1. Sites de pesquisa
Os sites de pesquisas são como um trabalho freelancer. Você se inscreve para responder pesquisas de opinião e ser recompensado pelas suas respostas. Grandes empresas contratam essas empresas de pesquisa para ter opinião dos consumidores e saber qual a melhor forma de agir no marketing. Essas empresas de pesquisa recebem dessas outras contratantes e depois te pagam um valor pelas suas respostas. Lembrando que para participar da pesquisa, você precisa ter o perfil de consumidor que eles estão procurando, ou seja, nem sempre você será adequado.

Eu fiz um post sobre isso há alguns anos e mencionei a quantidade de livros que consegui DE GRAÇA com esse método. Demanda muita paciência e tempo livre. Algumas pesquisas levam até 45 minutos para serem concluídas e a recompensa não é tão alta. Mas para conseguir um dinheiro extra nas horas vagas, vale muito a pena. Na maioria desses sites, o pagamento é feito por cartões presentes (No Submarino, na Americanas, na Amazon... etc.) e tem também os que fornecem recarga de celular. Cada site tem sua forma de pagamento.

Os sites que eu testei e realmente consegui resgatar foram:

  • The Panel Station: Ao preencher o cadastro, insira o meu código de indicação: E32484. Dessa forma vocês já começam com o bônus inicial de 500 pontos! 
  • Mundo de Opiniões
  • Opiniões de Valor
  • Livra Pesquisa


2. Sistema de Cashback (Meliuz)
O sistema de Cashback se tornou algo muito comum atualmente. Ele proporciona ao consumidor uma porcentagem do valor de suas compras de volta. Os maiores sites de compra online estão cadastrados nessa plataforma e cada um fornece uma determinada porcentagem de volta em suas comprar.

É muito fácil utilizar, é só realizar um cadastro e instalar a extensão dele no seu navegador e todas as vezes que você for realizar uma compra, você ativa a extensão. Dessa forma, sempre que você fizer uma compra, o Meliuz será notificado e quando ele receber a confirmação de pagamento, ele te devolverá uma parte do dinheiro gastado. A Amazon, por exemplo, está devolvendo 7% do valor gasto de volta!

Todo o saldo que você recebe, vai se acumulando na conta e quando atinge um valor mínimo, você pode resgatar para utilizar em outras compras!


3. Cupons de desconto
Quem não ama um cupom, não é mesmo? Mas é sempre muito difícil a gente conseguir um que esteja funcionando na hora que vamos fazer uma compra.


Para isso existe o Cupom Válido, uma plataforma que reúne os principais cupons de desconto de praticamente TODAS AS PRINCIPAIS LOJAS ONLINE. Ou seja, você não fica limitado não, você pode ter desconto em qualquer produto que deseja comprar.

O melhor de tudo é que não precisa de cadastro, você apenas acessa o site, escolhe o cupom ideal para você e começa a aplicar em suas compras e ter descontos incríveis! O site é atualizado diariamente e se você quiser, pode se inscrever para receber os melhores cupons diretamente no seu e-mail!

Clique aqui e confira o site.

Se você não sabe como utilizar os cupons de descontos, vou explicar, é bem simples:

Os cupons de descontos podem ser de 2 tipos: cupons com código ou cupons através de link (sem código).

Cupom de Desconto Com Código:
1) Escolha uma das Lojas parceiras
2) Na lista de cupons da loja, clique em um dos cupons listados
3) Irá abrir um tela com um código. Copie este código
4) Na loja, cole este código no campo "Cupom" no Carrinho de Compras ou na Tela de Pagamento
Pronto! O desconto irá ser aplicado na hora!

Cupom de Desconto através de Link (Sem Código):
1) Escolha uma das Lojas parceiras
2) Na lista de cupons da loja, clique em um dos cupons listados
3) Você será redirecionado para a loja através de um link especial, que fornece o desconto automaticamente nos produtos
Pronto! Em algumas lojas o desconto é visualizado no carrinho de compras. Em outras o desconto já é aplicado automaticamente, diminuindo os preços dos produtos!

Se você preferir ver essas dicas em vídeo, publicamos um vídeo no youtube, assista abaixo:



Curtiram as dicas? Então não esqueçam de começar o próximo ano na maior economia!

05 dezembro 2019

[Resenha] A garota no gelo - Robert Bryndza

“A garota no gelo”; autor: Robert Bryndza; editora: Gutemberg; 332 páginas.

Após a morte de seu marido, Erika Foster, uma brilhante detetive, foi encaminhada para outra cidade para liderar a investigação de um misterioso caso de assassinato. A vítima, Andrea Douglas-Brown, uma socialite filha de uma família importante, foi encontrada morta embaixo de muito gelo em um parque de Londres.

O caso parece complicado, a família é importante demais para ser confrontada, mas há muitos indícios que levam a crer que eles sabem de alguma coisa, especialmente a irmã de Andrea, uma jovem que sempre foi ofuscada pelo brilho da irmã.

O pouco que se sabia, é que Andrea havia marcado de se encontrar no cinema com os irmãos, mas nunca apareceu. Uma testemunha surge dizendo que viu Andrea em um bar com um homem e uma mulher, mas logo em seguida ela desaparece, não dando a declaração oficial para que pudesse estreitar as investigações.

Pouco depois, o destino da detetive se cruza com Ivy Norris, uma prostituta de idade que deixa escapar a mesma informação da testemunha anterior: que viu Andrea em um bar, com um homem e uma mulher. Mas Ivy não é muito de confiança e ninguém da delegacia quis levar a sério a informação. No entanto, Erika confiava em sua intuição em que dizia que Ivy tinha informações valiosas e, de forma desesperada, tentou subornar a mulher. Mas Ivy parecia extremamente perturbada com o assunto e fugiu. Mais tarde, Ivy entrou para a lista de pessoas mortas.

Quando o rapaz que estava com Andrea no bar na noite em que ela morreu foi identificado, Erika tinha certeza que o caso estava chegando ao fim. Mas não poderia estar mais enganada. Ela estava certa sobre todos esses personagens do caso se interligarem, mas tinha uma peça do quebra-cabeça que estava faltando e essa peça já estava atrás dela para apagar seus rastros.

Com personagens bem estruturados, o romance policial nos presenteia com uma trama de muito suspense e emoção. Apesar do eletrizante caso da investigação, que instiga na busca de respostas, as emoções dos personagens também são apresentadas, o que nos aproxima e causa empatia. Nos deixa mais envolvidos na história. Erika carrega muitas dores, mas mesmo assim se mantém forte e muito motivada. Seu trabalho é seu maior foco, então ela não mede esforços para buscar a resolução.
“Já tinha derramado lágrimas suficientes para uma vida inteira. Estava na hora de agir”
.
O desenrolar é instigante e quanto mais o caso se desenvolve, mais nos pegamos concentrados em tentar descobrir quem é o assassino.

Odeio livros em que não é possível descobrirmos quem é o assassino porque ele nunca apareceu na narrativa, ou apareceu de forma quase que insignificante e isso não acontece nessa obra. O assassino está sempre por perto. E apesar de desconfiarmos dele, é difícil afirmar com certeza. O sujeito é ardiloso e essas mentes doentias são as que compõem as melhores histórias.



Compre aqui:   




03 dezembro 2019

Anime Arts - 21ª Edição | Como foi o evento

Resultado de imagem para logo anime arts

Oi oi, leitores! Neste sábado aconteceu aqui em Sorocaba a 21ª Edição do "Anime Arts", evento que reúne os fãs da cultura japonesa e coreana e também fãs de HQ's, Games e Harry Potter. O evento começou às 11h da manhã e terminou no final da tarde, às 19h.

Com uma programação diversificada, o público pode conferir um concurso de melhor cosplay, melhor representação de cenas e também de dança de K-Pop. Ainda sobre a programação, os participantes puderam conferir salas exclusivas para jogar diversos jogos, entre eles Just Dance e PS Party, fazer maquiagem de anime e também salas de fã clubes do Harry Potter e Thundercats. E para quem gosta de jogos de RPG, tinha uma sala especial para os jogadores.

Entre todas as atrações, sem dúvida uma que me despertou mais a atenção foi do Maid Café.
Pra quem ainda não sabe "maid-café" ou café temático é de origem japonesa, que se deu a origem por volta do final dos anos 90 pro começo dos anos 2000, nesses "restaurantes de cosplay", normalmente somos atendidos por garotas vestidas de empregadas ou garotos vestidos de mordomo, em outros casos também podem ter algumas vestidas de gato, ou até mesmo com cosplay de algum anime aleatório.

Pedimos a poção do amor e fomos atendidos pelas Nezuko e Tanjirou, personagens do anime "Kimetsu No Yaiba". Ao sermos servidos, elas pediram que as acompanhássemos em um feitiço que deixaria o nosso perdido ainda mais gostoso. Ao final, a Tanjirou pede para a Nezuko fazer um desenho bem bonito com a calda de chocolate na nossa bebida.

Curiosidades

O primeiro maid café do mundo foi o "Cure Maid café", em Akihabara, e se mantém até hoje, logo em seguida no mesmo lugar vieram mais e mais maid-café. Em são paulo também existe alguns restaurantes temáticos o Chest of Wonders, Maid Café Usagi e Absolute Duo - Maid Café Brasil (esse não posso afirma que ainda exista '-')

Olha, eu já fui em alguns mas minha vontade mesmo é de ir lá no japão só pra pedir aqueles pratos enormes que vemos em anime, e claro, com um coelhinho desenhado em cima da comida ♥ (Marcos)

No anime arts, fomos até o Chest of Wonders e provamos alguns doces, mas gente... é muito bom! Mas é muito doce!!!! MAS É MUITO BOM, o espaço onde estava localizado é bom, as garotas maid também são super educadas e o valor das comidas são bem acessíveis, o melhor de tudo é não pagar tão caro pra ver a Nezuko dançando enquanto a Tanjirou estava sendo tsundere (personalidade escolhida) com as clientes kkkkk



Mesmo alguns dos participantes que não estavam participando do concurso de Cosplay foram vestidos de seu personagem preferido. Eu (Josy) fui de Mitsuha Miyamizu, heróina do anime e mangá "Your Name".

Os trajes dos participantes do concurso estavam super bem elaborados e era difícil eleger o melhor. Personagens de animes, games e livros passaram pela avaliação e arrancaram aplausos da planteia que ficaram impressionados com a criatividade e confecção de suas vestimentas e acessórios.



Curtiram? Nós nos divertimos muito e estamos ansiosos para participar de mais eventos como esse! 




28 novembro 2019

[Resenha] Joelma: Antes da Escuridão

Em 1974, aconteceu uma das maiores e piores acidente no brasil, o incêndio do edifício Joelma, supostamente iniciado em um ar condicionado no 12º andar a partir de um curto-circuito devido a chuva, porém, antes disso, o local onde se habita o edifício, já era bem, digamos, amaldiçoado.


SINOPSE: Em 1974, uma das mais modernas e imponentes construções da cidade de São Paulo ardeu em chamas, num dos mais traumáticos incêndios de que se tem notícia. As chamas teriam supostamente começado, de forma misteriosa, em um aparelho de ar condicionado. Espalharam-se rapidamente, vitimando centenas de pessoas, e provocando mais de 190 mortes. A fama de edifício amaldiçoado perdurou desde então, mas o que poucos sabem é que sua aura, que impregnou suas paredes de concreto, teve início muito tempo antes. Conheça, agora, os fatos que deram origem ao chamado Enigma do Edifício Joelma. A maior Lenda Urbana da capital paulista.

No livro o autor explora a lenda que envolve o edifício que foi construído sobre um terreno que foi cenário um triplo homicídio, que ficou conhecido na época como “Crime do Poço”, trinta anos antes do incêndio no edifício Joelma, seres malignos provenientes do inferno querem dominar a Terra. Para isso, precisam que Paulo construa um poço, logo que devem combater dois padres, uma freira, um delegado e Gilberto, que é um médium, iram fazer de tudo pra se livrar do mal que possa vir a Terra.


"Padre Antônio não tinha tempo a perder. Precisava fazer com que o Bispo o recebesse, mas a autoridade eclesiástica parecia evitá-lo. Passando pela sacristia, não deu atenção a nada nem ninguém que encontrou pelo caminho. Seu objetivo principal era apanhar alguns documentos e gravações que fizera da pequena Marina e levar até seu superior na tentativa de convencê-lo de que a menina realmente estava possuída por um demônio, precisando desesperadamente de um exorcismo."

Conforme a história vai rolando, no mundo onde se passa, os personagens acabam se cruzando de alguma forma, desde o delegado Afonso, que tem uma luta contra um criminoso que parece não ter medo da Lei e também ter que proteger sua família;  Paulo, professor que não suporta suas irmãs e a própria mãe, até os padres e o médium. O autor conseguiu unir a lenda junto dá tragédia e criar uma história que olha, eu como nunca tinha lido livro desse tipo, fiquei impressionado, a capa é linda e na contracapa contém também fotos reais que dão mais motivação para querer saber do que se trata.

É uma história muito boa, me impressionei bastante com o livro e para quem gosta desse tipo de leitura, creio que não vai se arrepender!

Compre: Submarino   Americanas 


25 novembro 2019

Eventos com a cultura oriental - Anime Arts

Mesmo eu morando num fim de mundo, temos alguns eventos interessantes aqui, demorei muito pra conhecer mas logo amo e digo, é incrível a experiencia no evento.

Anime Arts é um evento que tem como tema a cultura oriental, desde maid-café até concurso de cosplay, o evento trás uma variedade de atrações e curiosidades para entreter o público.

O evento já está em sua 21ª edição, suas primeiras edições aconteceram no ano de 2009 (se não me falha a memória kkk) e hoje é o maior evento de anime e mangás de Sorocaba

Eu já fui em várias e posso dizer, é muito bom!!! Sempre com atrações interessantes e sempre tem coisa que quero trazer tudo pra casa kkkk, mas se você gosta de dubladores como Wendel Bezerra, de colecionar posters, bottons, cards, colares ou até mesmo peças de cosplay, pra você que mora em Sorocaba ou perto daqui, é uma ótima experiência e oportunidade de saber um pouco mais sobre o mundo "otaku".

O evento de fim de ano vai acontecer no dia 1 de Dezembro, o ingresso atualmente está no valor de 50R$ a inteira e 25R$ a meia-entrada.

Existem outros eventos semelhante em outros lugares, em São Paulo mesmo existe o Anime Friends e no fim do ano, o Ressaca Friends, que também estaremos lá nesse final de ano!!! É muito divertido e vale muito apena, se não tiver nada pra fazer no primeiro domingo de dezembro ou até mesmo sábado e domingo na semana do meio de dezembro vem também ter essa experiencia incrível!!!

Nos vemos lá!!! ;)

O mundo dos Mangás - Como começou

Vocês sabiam que os mangás que lemos hoje em dia, teve sua origem a muitos anos atrás? Nossos queridos mangás de hoje em dia teve suas primeiras versões no período Nara, século VIII depois de Cristo junto do surgimento dos primeiros rolos de pintura japonesas chamada de "emakimono" ou "emakis". Naquela época, os japoneses associavam pinturas e texto que juntos contavam uma história conforme o rolo se desenrolava.

O primeiro "mangá" ou melhor, "emakimono" é uma cópia da obra chinesa "Ingá kyô" e separada de forma nítida os textos das pinturas. Logo após a metade do século XIIm surgiram os primeiros emakimono com estilo japonês, o "Genji Monogatari" que é também considerado o primeiro romance literário do mundo. Genji é o exemplar de emakimono mais antigo conservado, sendo o mais famoso  o Chōjū-giga.






A palavra "mangá" surgiu em 1814, nos "hokusai mangá", um outro tipo de esboço feito por Katsushika Hokusai, que trazem caricaturas e ilustrações sobre a cultura japonesa. O mangá moderno tem influência dos cartoons ocidentais e de quadrinhos clássicos da Disney, e é basicamente uma criação de Osamu Tezuka, com Shin Takarajima (“A Nova Ilha do Tesouro”), de 1947.
A obra de Tezuka definiu as características dos mangás, como expressões faciais exageradas, elementos metalingüísticos e enquadramentos cinematográficos para aumentar o impacto emocional. O artista foi tão influente que é chamado de Deus Mangá.



Na animação, apesar de haver desenhos anteriores produzidos no Japão, Tezuka é considerado o fundador da indústria, com obras que marcaram a cultura nipônica. Astroboy, em 1963, foi a primeira série animada da TV japonesa com história contínua e personagens recorrentes. Outros trabalhos do autor, como Kimba, o Leão Branco e A Princesa e o Cavaleiro, ajudariam a definir, em técnicas narrativas e de animação, o que hoje é tão reconhecido nos animes                                                                                                                                                                        
O primeiro mangá lançado no Brasil foi "Lobo Solitário" no ano de 1988, pela Cedibra.O mangá narra a história de Ogami Ittō, o carrasco do Shogun que usa uma espada de batalha dōtanuki. Desonrado por falsas acusações do clã Yagyū, ele é forçado a tomar o caminho do assassino.
E a parti dai, os mangás foram sendo melhorados e atualizados até os mangás que conhecemos hoje, o que temos de exemplo, um pouco de comparativo, são os gibis da turma da Mônica, que hoje também é um "tipo" de mangá, só que ocidental kkkk

Espero que tenham gostado desse pequeno artigo, logo vou trazer mais coisas sobre esse universo para vocês <3
 
Copyright © 2013 Estante da Josy
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates