[Resenha] Em fogo alto - Elizabeth Acevedo


“Em fogo alto”; autora: Elizabeth Acevedo; editora: Nacional; 286 páginas.

Emoni é uma adolescente que ficou grávida muito nova e viu toda a sua vida mudar. Ela perdeu a mãe ao nascer, o pai se afastou quando ela ainda era uma criança e ela foi criada pela avó. 

Assim que se viu grávida de um rapaz que mal conhecia e com quem não conseguiu manter um relacionamento, precisou amadurecer rápido demais e encarar os problemas de frente. Com as responsabilidades, os sonhos ficaram para segundo plano e ela passou a fazer o que precisava ser feito: ser adulta, ser mãe.

“-Acho que você deveria escrever sobre aquele que mais te assusta. Se arriscar e fazer escolhas apesar do medo é o que tem de mais atraente na vida.

E aí está essa palavra de novo. Ela se afasta, mas tenho a sensação que o conselho que me deu não era a respeito da redação.”

A jovem tem um dom excepcional para a culinária. Consegue unir temperos e proporcionar sabores inigualáveis e quem prova seus pratos garante que são mágicos! Ela sempre sonhou em seguir nessa carreira e agora, no último ano do colégio, é o momento certo para dar o pontapé inicial nesses planos. Mas como fazer isso sem dinheiro e com uma filha ainda bebê? É o que todos pensariam, que isso seria impedimento o suficiente, mas todos ao redor de Emoni, que vêm e acreditam no potencial da jovem, não permitem que ela desista e Emoni vai se descobri bem mais forte do que imagina.

“Se tem uma coisa que aprendi quando a minha barriga começou a aparecer é que você não pode controlar como as pessoas olham para você, mas pode controlar o quanto você endireita os ombros e ergue o queixo.”

Ela começa com uma matéria de culinária na escola que a desafia muito à princípio, mas que a surpreende com o resultado inesperado. Depois ela se vê surpresa ao se sentir tentada a dar uma nova chance ao amor quando conhece um garoto verdadeiramente insistente (que também é uma graça, todos nós precisamos admitir). Ela tem uma decepção muito grande com os homens que passaram pela vida dela, então permitir a aproximação de um novo homem a amedronta.

E nesse malabarismo de atividades e de emoções, Emoni precisa dosar os ingredientes proporcionados pela vida e preparar um verdadeiro jantar no final. Jantar de conquista, jantar romântico, jantar familiar... Tudo ao mesmo tempo.

Ela é americana de nascença, mas porto-riquenha de sangue. Essa mistura faz dela não só uma moça linda, mas também de uma riqueza cultural fenomenal. Cheia de força, garra e personalidade, vamos conhecendo a sua história com os capítulos intercalados entre o passado e futuro, acompanhando as diversas dificuldade, mas também as grandes alegrias.

É uma história que transmite força pelas páginas, transmite inspiração e permite que todos nós tenhamos um novo olhar perante ao outro. Diversos personagens marcante, com histórias envolventes e cenários cativantes. A relação entre essas três mulheres: Emoni, a abuela e a nenezinha, é de uma delicadeza emocionante. E a garra dessa família, as reviravoltas que elas enfrentam, é inspirador.

“Em fogo alto” é aquele tipo de história perfeito para nos tirar de uma ressaca literária.

25 anos, jornalista e fundadora do Portal Estante da Josy

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.