Ultimas

21 fevereiro 2019

Livro e Filme - Adaptação cinematográfica do livro Dumplin'


     Causador de fortes emoções. Tive vontade de chorar quando li o livro e essa vontade foi incontrolável ao assistir ao filme. Que belíssima produção fizeram, quero aplaudir! Dumplin’ é uma história para quebrar toda a ridícula ditadura da beleza e todos os preconceitos da sociedade.
     Em 2017 eu escrevi uma resenha aqui para o blog, se quiser dar uma olhadinha, clique aqui.
     A história narrada no livro e no filme são a mesma, fizeram um excelente trabalho na adaptação, mas claro que o livro, como sempre, possui bem mais detalhes. Uma alteração feita – que não afetou o resultado – foi no apelido que a mãe de Willowdean dá a ela. No livro a mãe a chama de “Dumplin” que poderia ser traduzido como “bolinho de massa”. Já no filme, apesar de ter mantido o nome, o apelido foi substituído por “fofinha”. No entanto, ambos resultam no mesmo: passam a mensagem de que Will é gordinha.
     Willow tem dezesseis anos e sempre lidou bem com seu peso, apesar da forte influência de sua mãe, que possui uma grande carreira de miss. Will foi criada com sua tia, uma mulher exuberante, mas também acima do peso. Lucy, a tia de Will, juntou ela a mais uma amiga, Ellen, por meio da paixão em comum pela cantora Dolly Parton. Juntas, o resto do mundo era irrelevante, mas Lucy teve de partir.
“Não esquece de quem realmente me criou. E ela nunca me fez me sentir mal pelo que eu sou”.
Resultado de imagem para filme dumplin    Após olhar as coisas deixadas pela tia, Will resolve fazer algo que jamais imaginou: Se inscrever para o concurso de miss. De início, seria apenas um protesto em homenagem a Lucy, mas logo ganhou mais proporções do que imaginava. Outras garotas, uma também acima do peso e outra que pode ser considerada “nada feminina” entram na disputa ao lado dela. No livro havia mais garotas sendo inspiradas que entraram também no concurso.
     Ao ler o livro, me peguei emocionada pelo momento em que ela encontra as drags, com as diversas frases fortes com a qual nos identificamos e no filme isso foi bem transmitido pelas imagens. Não pouparam glamour para mostrar esse universo e foram brilhantes em cada cena.
     E o romance não fica para trás. No livro esse cenário é mais trabalhado, no filme não parecia ter tanto espaço para isso, o que não foi tão ruim, também há uma quebra de padrões. O garoto bonito se apaixona de verdade pela garota fora dos padrões. Ela mesma acredita que isso é impossível e duvida dele, acredita que seja deboche ou qualquer coisa assim. E tem vergonha de ser tocada por ele, vergonha de que ele sinta suas “gordurinhas” e isso acaba criando um bloqueio entre ela e o possível relacionamento.
“Eu acho você linda e danem-se todos aqueles que fizeram você pensar que você não é”.
     “Dumplin’” não é só sobre o preconceito com o corpo acima do peso, mas é sobre também todos os padrões impostos pela sociedade. Sobre aqueles que acham que podem dizer quem você é e, acima de tudo, sobre empoderamento. Will transmite uma linda mensagem que deveria ser recebida por todas as mulheres, sem exceção. Todas nós temos nossas inseguranças e todas nós precisamos nos amar como somos. Você foi feita para brilhar!

5 comentários:

  1. Olá.

    Ainda não tive oportunidade de ler Dumplin', mas assim que a netflix lançou o filme, eu fui correndo assistir e preciso dizer: me encantei! A história é boa e realmente... a sociedade impõe um padrão de beleza que não existe! E lá essa a querida e adorável personagem para quebrar essa "estética" e mostrar para o mundo! Muitos ensinamentos. Eu adorei!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  2. Desde que vi o livro me interessei em ler, mas nunca tive a oportunidade, e agora que lançou o filme estou vendo que vou adiar e acabar assistindo antes rsrs A premissa é maravilhosa, e a lição que tiramos com a história promete ser marcante. Adorei sua resenha! Me fez ficar com mais vontade de conhecer a obra :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Josy.

    Ainda não li Dumplin e também não conferir a versão cinematográfica da história. Tenho muita curiosidade por causa da personagem mostrar ela quebrando os padrões da sociedade. Parabéns pela resenha mostrando os pontos entre o filme e livro. Vou aproveitar a feriadão de carnaval e maratonar.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oieee,

    Vou aproveitar esse feriadão para assistir Dumplin'. Li o livro e fiquei completamente encantada pela história, ler a sua opinião só me deu a certeza de que a adaptação foi incrível!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Oi, tenho muita vontade de ler o livro por trazer essa mensagem sobre padrões diferentes de beleza, amei poder ver essas comparações entre o filme e o livro, estou quase assistindo ele antes de realizar a leitura.

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2013 Estante da Josy
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates