[Resenha] O homem perfeito - Vanessa Bosso

“Universo, esse homem precisa ser lindo. Cabelos dourados, olhos claros, atlético, mãos grandes, pernas firmes, rosto angelical. Ah, barba por fazer é megassensual, esse item é indiscutível. Também necessita exalar sexy appeal por todos os poros, okay? E tem mais: deve gostar de sexo todos os dias, em qualquer lugar. Isso não é negociável.
“Ser bem sucedido é imprescindível. Inteligente, divertido, carismático, generoso e romântico ao extremo. Deve me amar com todas as suas células, me venerar como uma princesa, me cobrir de beijos todas as manhãs.
“Ele não se importará com o passar do tempo, com a idade chegando. Me achará linda de qualquer maneira e não se sentirá ameaçado na TPM. Ele só pensará em mim e não terá olhos para qualquer outra baranga. Serei somente eu, eu e eu.
“A vida a dois será incrível e a felicidade, plena. Não haverá traição, nunca faltaremos com a verdade nessa relação. O amor incondicional regerá nossas vidas, nossos destinos.
“O sexo será muito, muito bom! Na verdade será incrível, transcendental. Eu me sentirei a mulher mais amada deste mundo e farei dele o homem mais feliz do universo.
“Juntos, seremos um só, para sempre.”
   
     Sofrendo diversas desilusões amorosas Melina começa a acreditar que nunca vai encontrar o homem perfeito que idealizou em uma listinha junto a sua melhor amiga Nanie. Melina sempre acreditou que Bernardo, seu primeiro namorado, fosse esse cara perfeito, mas acabou estragando tudo quando, em um ato de desespero, acabou traindo-o e partindo da cidade.  Sua atitude se deu após a partida de sua mãe. Seus atos foram se tornando muito irresponsáveis e nessa confusão, ela acreditava que Bernardo a deixaria e para evitar o acontecimento, ela o deixou primeiro. E em sua cidade antiga ficou sua angustia e um garoto apaixonado com o coração aos pedaços.
      Mas depois de uma desavença amorosa e ao mesmo tempo profissional, Melina pegou seu carro chamado Lúcifer e partiu para a estrada de volta a sua cidade natal. Agora adulta e um pouco menos maluca (só um pouquinho mesmo) ela tem seu retorno abalado assim que reencontra Bernardo.
“Eu sabia que nosso reencontro seria explosivo, mas nunca pensei em algo desse tipo, Melina.”
     O rapaz está muito mais bonito do que ela se lembrava. Adquiriu um físico de arrancar suspiros. Mas tem um problema grave: ele está noivo. Não de qualquer pessoa e sim da maior inimiga de Melina.
     Ela não gosta nenhum pouco da notícia. Todos ao redor parecem ter o mesmo desejo: que o retorno de Melina destrua o casamento que todos consideram fadado à infelicidade. Mas agora ela está mais madura e compreende que quando amamos uma pessoa de verdade, nós desejamos sua felicidade, mesmo que seja com outra pessoa.
     Mas será que Bernardo seria feliz com Samantha? Todos parecem discordar, inclusive o destino que vive aproximando os dois, fazendo com que a fagulha dentro deles se torne uma chama que vai ganhando proporções.
“’Melar esse casamento’ seria uma cartada final, um tapa na cara que a derrubaria para sempre. Mas o que eu vou ganhar com isso? Epa, espere aí! Eu tenho muito a ganhar. E o prêmio será meu homem perfeito!”

 Com uma ótima narrativa e um bom desenvolvimento de personagens a autora consegue nos fisgar para dentro da história. É impossível não se divertir com as trapalhadas de Melina e suspirar pelo amor que exala das páginas.


Nenhum comentário :

Postar um comentário