[Divulgação] Cinco dias de Cretino - A. C. Nunes (Dia 2)

Dia 2: Apresentação dos personagens 

Alfredo Hauser:  

Protagonista de "Amor à Segunda Vista", Alfredo Joseph Hauser nasceu em uma família bem-sucedida. Cresceu sem um reflexo paterno e masculino, pois o pai, o alemão sistemático Klaus Hauser, morreu quando ele ainda era uma criança, por volta dos 5 ou 6 anos de idade. Tem um irmão mais velho, Henrique Hauser, com quem ele nunca se entendeu e vive em pé de guerra.
É um verdadeiro cretino (não à toa, seu apelido é Cretino Hauser ) e seu maior prazer é ver suas namoradas de coração partido.
Sim, ele é calculista, cínico e manipulador. E não, ele não teve uma infância difícil ou quer quebrar o coração de todas as mulheres porque um dia uma mulher fez isso com ele. Alfredo só é um babaca de nascença.
É claro que isso muda quando, depois de morar dez anos na França, ele retorna ao Brasil para assumir os negócios da família. Alfredo reencontra uma ex-namorada do passado a quem ele muito magoou e se vê perdidamente apaixonado por ela. Ele está disposto a ser um homem melhor, mas a frieza de Lívia Diniz e o fato de ela ter uma relação com Henrique Hauser criarão um triângulo amoroso no primeiro volume da série.

Lívia Diniz: 

Filha única de um casal de professores, Lívia sempre foi aquela garota que preferia esperar o cara certo. Namorou Henrique Hauser na juventude e tinha muitos planos com ele. Até Alfredo Hauser surgir em sua vida e conspirar contra seu namoro. Propositalmente, ele a envolveu e a magoou profundamente, e Lívia nunca mais foi a mesma.

Com o passar dos anos, ela se transformou de uma garota apaixonada para uma mulher determinada. Apesar de uma gravidez indesejada, encontrou apoio em Henrique e na família Hauser, conseguindo se tornar uma mulher bem-sucedida, se dedicando à sua profissão e à empresa dos Hauser.

Relacionamentos amorosos passou a ser seu ponto fraco; ela nunca mais pôde se dedicar nas suas relações ou retribuir os sentimentos dos seus namorados. Durante dez anos, inclusive, ela e Henrique tentaram diversos tipos de relacionamentos, mas a sombra do irmão caçula sempre os perturbou.

Numa noite, ela dorme com um cara. E qual não é sua surpresa ao descobrir que o deus grego da boate é, na verdade, o cretino do Alfredo?

Henrique Hauser: 

Henrique Hauser é o filho mais velho de Klaus e Carmen Hauser. Extremamente diferente do seu irmão caçula, Alfredo Hauser, Henrique sempre foi uma pessoa dedicada nos estudos e em relação ao trabalho dentro da empresa da família que lhe foi designado. Embora seja o mais velho, ele preferiu atuar na área jurídica, deixando o cargo mais importante da empresa nas mãos do imprestável do irmão.

Foi, por muitos anos, perdidamente apaixonado por Lívia Diniz. De costumes ortodoxos e tradicionais, Henrique sempre se viu casado, formando uma família ao lado de Lívia. Mas tudo isso muda quando Alfredo decide que quer, a todo custo, conquistar a garota. Quando ele consegue abalar seu namoro com Lívia, Henrique não é mais capaz de tocar seu coração ferido. E a relação com Alfredo, já muito delicada antes mesmo de tudo, torna-se insustentável.

Por dez anos ele tenta reconquistar o amor de Lívia, reacender a paixão, mas só consegue se magoar mais, se privar de outros relacionamentos e alimentar ainda mais o seu ódio pelo irmão. Entretanto, no final do volume 1, ele consegue, enfim, se estabilizar numa relação com ela. Mas o universo parece sempre conspirar contra ele.

Se você ainda não viu a postagem do dia 1, clique aqui e conheça mais sobre o livro e a autora ♥

Nenhum comentário :

Postar um comentário