[Série] #7 Dear White People

Olá queridos! Hoje quero falar com vocês sobre essa série MARAVILHOSA! Outra produção da toda poderosa Netflix, a série aborda um tema muito importante: o racismo. Quem acompanha as resenhas sobre séries aqui no blog, sabe que eu gosto de falar sobre essas produções que debatem temas importantes, e desta vez não é diferente.
Dear White People é sobre um grupo de jovens negros que frequentam uma faculdade que é dominantemente dominada por estudantes brancos.
Samantha White (Logan Browning) tem um programa de rádio chamado Dear White People, onde ela aborda as dificuldades diárias que um estudante negro ainda enfrenta atualmente. Ela e os colegas sempre estão engajados em protestos e em debater esse preconceito e em como enfrenta-lo.
Samantha ainda vive outro dilema: se apaixona por um garoto branco Gabe (John Patrick Amedori), e com isso ela tem receio em revelar para seus colegas de movimento sobre essa paixão, pois ela tem medo da reação deles sobre o relacionamento.

[Look literário] #12 Elisa Clarke - Carina Rissi

     Olá, pessoal! A personagem escolhida de hoje talvez seja a mais feminina e delicada que já apareceu por aqui, eu estou falando de Elisa Clarke, da série Perdida da autora Carina Rissi (Clique aqui para ler a resenha). Inclusive, a personagem ganhou um livro dedicado a ela, chamado Prometida.  
     Vivendo no século XIX, a romântica, doce, gentil e decidida adolescente foi educada para ser uma perfeita dama da alta sociedade. A rotina de Elisa muda quando Sofia (que também já ganhou look, clique aqui para ver) acidentalmente passa a viver em sua casa e mostra a ela outros pontos de vista, principalmente em relação a si mesma.

[Poemas] #9 Surpreendeu


Apenas um encontro para marcar a vida de duas pessoas.



[Resenha] Universo Alien - Don Lincoln

Olá leitores, como estão? Hoje trago um livro que me surpreendeu de maneira muito positiva. Confesso que não sou uma fã número um de histórias sobre alienígenas, mas assim que recebi esse livro fiquei bem tentada em realizar essa leitura.
Eu sempre gostei de ficção cientifica no geral, e esse é um dos temas que o livro trata. “Universo Alien – Se os extraterrestres existem... Cadê eles?” é do autor Don Lincoln e foi lançado pelo Grupo Editorial Pensamento, pelo selo da Cultrix.
Sinopse
Você já viu um disco voador? Acredita em casos de abdução por extraterrestres? Assim como o agente Fox Mulder, da série Arquivo x, também acredita numa conspiração governamental para esconder que há extraterrestres entre nós... e que a verdade está lá fora? E quanto aos milhares de planetas já descobertos pela astronomia moderna? Acredita que existe vida inteligente na vastidão do espaço cósmico? Tem curiosidade sobre esses assuntos, mas não tem paciência com jargões científicos? 
Em vez de descartar a possibilidade de haver vida alienígena inteligente, Don Lincoln, é cientista sênior do Fermilab, o principal laboratório de Física de partículas dos Estados Unidos, examina a imagem coletiva que a civilização ocidental faz dos Alienígenas, mostrando como nossa percepção dos extraterrestres evoluiu ao longo dos últimos 70 anos. Ele explora as ideias populares sobre esse assunto instigante na literatura, nos jornais, no cinema e nas séries de TV, sobre alienígenas, óvnis , contatos com extraterrestres, abduções e reprodução biológica entre espécies, e depois mergulha no que é cientificamente possível.

[Resenha] Vampiro de Schopenhauer - J. Modesto

     "Vampiro de Schopenhauer"; autor: J. Modesto; editora: Livrus; 154 páginas.
     Arthur Schopenhauer é um filósofo alemão do século XIX e foi a inspiração do autor para escrever essa ficção. O personagem é real, mas a narrativa é totalmente fictícia. O autor se baseou nesse homem por quem tem tanta admiração, para aplicar alguns toques do sobrenatural e trazer-nos um história brilhante envolta em grandes doses de filosofia.
     Os ideais do filósofo permanecem fiéis na narrativa de J. Modesto, principalmente o seu pessimismo com relação a vida, que é um dos temas que são inicialmente discutidos no início do livro, no primeiro encontro dele com o francês Jean Chauvigny

[Série] #6 The Handmaid’s Tale

        Olá, como estão? Hoje trago em minha resenha essa série que é simplesmente devastadora. The Handmaid’s Tale é forte e aborda um tema muito atual: o machismo, em uma sociedade onde a mulher perde totalmente todos os seus direitos.

Doação de livros do mês de Junho/2017

Doação de Livros do mês de Junho/2017


Olá, leitores! A lista desse mês está muito especial, temos 45 livros disponíveis! É muito mais livros! Então, não esqueçam, escolham seus livros e chamem os amigos para participar também ♥

[Look literário] #11 Lena Duchennes - Dezesseis Luas

     Olá, pessoal! O look de hoje é inspirado na protagonista da saga Dezesseis Luas. A série conta a história de Lena Duchennes, uma jovem descendente de uma família de conjuradores (espécie de feiticeiros ou bruxos) que está prestes a completar dezesseis anos.
     Recém-chegada a uma cidade pouco receptiva a novidades, ela tem de aprender a conviver com os legados que cercam o nome de sua família e um amor que atravessou o tempo. Lena é uma adolescente tímida, apaixonada por literatura e que ainda não entende a quão forte e poderosa pode ser.

[Resenha] Conto: À primeira vista - Jas Silva (Trilogia Os Montenegro)

     A história que se passa no conto “À primeira vista” aconteceu antes da que se inicia o livro “Ilusão”. Trata-se exatamente do momento em que Mariana, com apenas 17 anos, conhece Henrique, o novo diretor financeiro da Montenegro, durante um jantar. É nesse momento que a garota se apaixona à primeira vista por ele. A narrativa conta como foi esse a primeira das várias investidas que Mariana deu para conquistar Henrique e como foi que Guilherme, seu melhor amigo, recebeu essa notícia. Já nessas poucas páginas já é possível perceber muito do que estaria prestes a acontecer.
     Para saber mais sobre a história de Mariana em “Ilusão”, confira a resenha: (http://bit.ly/2slotXp);
     Com apenas 18 páginas, a autora descreve esse conto com a mesma delicadeza que é vista no livro. Os personagens são bem apresentados mesmo de uma forma breve.

[Resenha] O coruja - Aluísio Azevedo

Olá leitores? Como estão? Hoje trago mais uma vez um clássico da literatura. “O Coruja” de Aluísio Azevedo foi publicado inicialmente como folhetim em 1885 e aborda a história de dois rapazes, Teobaldo e André (O Coruja).
Sinopse
“A verdade desnuda que Aluísio Azevedo revela em seu romance O Coruja reflete a pressão do meio ambiente, onde pululam seus personagens, fazendo emergir pelo levantamento superficial e sistemático dos sinais interiores e exteriores de cada um, suas naturezas híbridas, chegando mesmo alguns estudiosos a afirmarem haver o autor transportado para André a psique do taciturno Capistrano de Abreu.
A vida na época de introdução do Naturalismo entre nós apresentava aspectos repugnantes, tristes, amargos; era preciso trazê-los para a literatura como se apresentavam, abandonando aquele formalismo dândi, aquela idealização romântica, que disfarçava aqueles aspectos, quando não os esquecia. A esse impulso pragmático que acicata os leitores, revelando-lhes as condições miseráveis de vida, surge a grande força motriz de Aluísio, que não consiste apenas em narrar tais acontecimentos e sim interpretá-los. A interpretação exigindo profundidade e largueza de horizontes e não se satisfazendo na visão sensorial e superficial, importando sim em uma tomada de posição em face aos acontecimentos”.