[Resenha] Incontrolável - Sylvia Day

Incontrolável
Compare e compre ♥ Adicione ao skoob

“Incontrolável”; autora: Sylvia Day; Universo dos Livros; 271 páginas.
Esse foi o meu primeiro contato com um livro da famosa Sylvia Day e tive uma grata surpresa. Ela é muito conhecida por escrever romances eróticos picantes e bem ousados e isso me deixava um pouco receosa, afinal, sou fã dos bons e melosos romances. Entretanto, o livro apresenta um romance doce, porém bem maduro. Eu também não tinha tido contato com romances de época ainda e esse acabou sendo o 2 em 1. A trama acontece de forma intensa sim, com cenas “calientes”, mas tem um bom enredo que eu vou falar mais sobre ele agora.
“Que tipo de homem se cerca de beleza e vida, e nunca se permite um momento para apreciá-las? ”
Incontrolável é o primeiro livro da série “Historical”, mas que podem ser lidos de forma independente (não são continuidades um do outro). E apresenta a história de Isabel, a conhecida Lady Pelham que se envolve com seu grande e sedutor amigo Gerard Faulkner, o marquês Grayson. Após cobranças da sociedade, eles resolvem fazer um acordo: um casamento por conveniência. Dessa forma, ambos seriam beneficiados. Isabel gostava muito de se envolver com os homens, mas odiava o momento em que eles se apaixonavam e queriam um compromisso sério. Tendo esses casos, já que era “casada”, isso não seria possível acontecer. Já Grayson se beneficiaria por ter o casamento de fachada que era o que a sociedade esperava dele, enquanto ele vivia o seu grande amor com uma jovem moça.
A parceria funciona muito bem, até que Grayson recebe a notícia que o destrói: seu grande amor Emily morreu durante o parto do filho que carregava deles. Desesperado, ele fugiu para o local e não retornou por muitos anos.
Quando decidiu voltar, mais maduro e recuperado do sofrimento, encontrou Isabel magoada demais pelo abandono. Com a reaproximação, ele enxergou bem mais do que via antes. Ele sempre soube que ela era deslumbrante, mas ele sentia algo novo: ele estava verdadeiramente apaixonado por Lady Pelham e estava decidido que a conquistaria. Tendo o casamento de fachada para ajudar, ele resolveu seduzi-la com o que tinha de melhor.
“Preciso recomeçar minha vida. Você é tudo que tenho no momento, e sou muito grato por ser tudo que preciso”.
Entre confusões da época, famílias conservadoras e escândalos, o casal percebe que podem ser muito melhores juntos, principalmente fisicamente, na qual havia uma química inegável. Mas com certeza uma mulher daquela época não poderia ser tão ousada como Isabel é sem sofrer as consequências. Ambos carregam pesadelos do passado, mas Isabel é quem tem mais traumas e ter um homem tão irresistível e carinhoso ao seu lado, pode tornar essa superação mais difícil, ou talvez muito mais fácil.
“Eu sempre achei que você era um exemplo de perfeição, mas nunca pensei que fosse perfeito pra mim”.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Template desenvolvido por Bruna Borges © Todos os direitos reservados - Powered By Blogger