[Poema] #25 Não há como fingir


Amar é difícil às vezes. Principalmente quando a pessoa amada não corresponde e não dá valor ao que lhe é apresentado. Não apenas isso, mas ainda assim, creio ser mais devastador, amar e ser considerado como idiota ou criança, simplesmente por demonstrar o que sente.

Não há como fingir

Te amo
Não há como fingir
Tento me esconder em meio aos meus sentimentos
Mas o que sinto por ti toma conta de mim
Não sei por onde andas
Não sei o que sentes por mim
Adoraria ter conhecimento disso
Ainda assim continuo te amando
Tens duas faces
A dos amigos e a minha
Não sei em qual confiar
Te alegras e depois te afundas em tristezas
Preocupo-me 
Contudo, te amo
Não sei definir este sentimento
Apenas o sinto
Ainda aguardo o momento em que o reconhecerás 
Enquanto isso
Continuo te amando


Nenhum comentário :

Postar um comentário