[Resenha] Morgenstern - Kelly Hamiso

 O amor nocauteia os dois. 
   Sarah Veiga é estudante de fisioterapia, viciada em chá, chocolate e seu celular, muito apaixonada pelos amigos e pela família, em especial, seu pai cadeirante, o qual ela faz de tudo por ele. Trabalha com sua mãe no carrinho de cachorro quente e recebe muito carinho de um garoto lindo e charmoso chamado Andreas, o qual todo mundo acredita ser o cara certo para ela, mas que ela não vê dessa forma. Por conta desse tempo todo preenchido, Sarah não tem tempo para o amor. Mas o amor não é planejado, ele simplesmente acontece, e isso é o que ela acaba descobrindo quando conhece Hans Scheidemann, um grande campeão de MMA, grande não só em titulo como em tamanho também, de corpo e coração.

“-O que será que eu fiz pra Deus?
Montanha, sem entender, olhou para Sarah, e ela timidamente sorriu, com as sobrancelhas caídas, percebendo que falavam dela. Ele analisou a garota e voltou-se para o amigo, curioso. 
-Tá reclamando, Campeão? 
-Não, estou agradecendo... – continuo Hans, sem olhá-lo."

     No início, tudo que eles precisavam enfrentar era o preconceito que ele sofre por ser um lutador. Todas as pessoas, principalmente a família e amigos de Sarah, acham que, por ele ter essa profissão, ele é um brutamonte que vai acabar batendo na garota.
“-Se eu fosse um atleta de ginástica artística, mesmo sendo forte, ninguém ia achar que sou briguento.”

     Mas logo os problemas ficam ainda mais complicados do que isso. Sarah começa a ter visões e não sabe o que está acontecendo consigo. Em seguida, problemas familiares sérios, os perseguem. Depois, segredos de Hans vêm a tona. E quando menos se espera, o destina coloca mais uma pedra no caminho dos dois, uma a uma, vai sendo construída uma muralha de dificuldades.
     Personagens com grande personalidade são destacados durante a história e vão ganhando forma a cada capítulo, conquistando seu espaço. A autora, Kelly Hamiso, pratica artes marciais e passou seis meses dentro de uma academia observando os atletas, por isso a riqueza de detalhes, desde o treinamento e dedicação dos lutadores, até os perigos das lutas clandestinas. Cada descrição é importante, cada detalhe no livro é relevante. Em uma narração emocionante e instigante, o leitor é levado a viver uma série de acontecimentos como se estivesse no meio de toda a trama. Romance, traição, amizade, esoterismo e lutas marciais são os principais temas que envolvem a obra. Ao terminar esse livro, você vai ter vivido tantas emoções quanto Roberto Carlos.
“Assim se alimenta o destino traçado pelos fortes: eu decido, eu escolho, eu caminho. Algumas vezes, porém, eles vêm acompanhados de surpresas. E o que nos torna fortes ou invencíveis é a invejável capacidade que Deus concedeu, a tudo aquilo que ele criou, de recomeçar. Podemos nos cansar e parar para respirar, fazer uma pausa, rever estratégias, relaxar por um tempo, mas nunca desistir.” 

     Preciso compartilhar com vocês mais do que essa história, mas a minha experiência ao lê-la. Primeiramente, fiquei muito curiosa sobre o tema desse livro: romance com uma ambientação no MMA, com toque esotérico. Fui fisgada nos primeiros capítulos, mas tive meu coração arrancado, apertado, dilacerado, recuperado e roubado novamente mais ou menos a partir da metade do livro. Tudo se tornou um vendaval de emoções, uma montanha russa de acontecimentos empolgantes. Quando você imaginava que a poeira estava abaixando, chega um furacão para bagunçar tudo de novo. Ah, e preciso dizer que a autora está competindo com George R. R. Martin em ter um coração de gelo!
     Enfim, voltando as minhas experiências: Eu dei várias risadas, refleti com diversos trechos (o que vocês podem observar na foto lá em cima, cada post-it, uma emoção), fiquei com a garganta apertada diversas vezes, chorei e perdi totalmente o sono. Nos últimos capítulos, o livro me obrigou a ficar acordada durante toda a noite e bom pedaço da madrugada. O “Só mais um capítulo” aconteceu mais do que acontece geralmente. E o pior de tudo: quando terminei, fiquei horas acordada, rolando na cama sem conseguir dormir, ainda muito envolvida por toda a história. Tenho quase certeza que devo ter sonhado com os personagens. Para uma pessoa como eu, que não é muito ligada em esportes, essa história despertou um interesse que eu nem imaginava que existia.
     Preciso dizer uma coisa: Estou sofrendo de uma grande ressaca literária nesse momento. Estou seguindo o conselho de Sarah, que diz que chá pode curar muita coisa, e estou me acabando nos chás.

Ficha Técnica:
Formato: 16x23
Páginas: 386
Editora: Novo Século
ISBN: 9788542809022
Preço: R$ 39,90

Compre em:

Sobre a autora:

Kelly Hamiso, nasceu na capital de São Paulo, em 7 de setembro de 1978 e aos treze anos, descobriu o amor por criar histórias e personagens. Adora rock, flores, shopping e conversar. Tem um fascínio inexplicável pela Flor de Lótus e o Antigo Egito. É formada em letras pelo UNIFIEO, casou-se aos vinte e três anos e tem dois filhos, com quem compartilha suas histórias. Também é autora do livro "Padma" e de alguns contos, como, "Chocolate e Água Mineral" e "O Silêncio de Lourdes".


Nenhum comentário :

Postar um comentário