[Resenha] Óculos, aparelho e Rock'n roll - Meg Haston

Sinopse:

Super-rigorosa e cheia de estilo, Kacey Simon dita as tendências na escola Marquette. Ela anda com as garotas mais bonitas e populares e tem seu próprio programa de TV no canal do colégio, dando conselhos e explicando para seus colegas a verdade nua e crua - quer eles queiram ouvir, quer não.
Mas então uma infecção ocular e uma visita ao dentista deixam Kacey com óculos fundo de garrafa, a boca cheia de metal e... a língua prefa. Rejeitada pelos amigos populares, ela despenca da pirâmide social de forma tão dramática que fica difícil enxergar o topo, mesmo com aquelas duas lentes de aumento no rosto.
Sem ter mais a quem recorrer, Kacey começa a andar com uma vizinha nerd e um garoto que leva a vida num ritmo próprio - na verdade, no ritmo do baterista de sua banda. Ele a quer como sua vocalista, mas ela está decidida a recuperar seu trono. Será que Kacey vai alcançar o topo novamente? Ou vai descobrir que chegar ao fundo do poço meio que é... o máximo? Nesse divertidíssimo romance, Meg Haston conta a história de uma garota malvada que, com um bom par de óculos, passa a enxergar melhor não só as coisas, mas também a vida.
O livro deu origem à série de tevê "How to Rock", recém-lançada pelo canal Nickelodeon.

Minha Opinião Pessoal:

Sabe aquele livro que você pega para ler apenas para ser mais uma leitura agradável e simples? Aquele tipo de livro que você espera apenas que te entretenha por uma tarde? Então... Definitivamente ME ENGANEI ao achar que este livro seria assim!
Comprei este livro porque, primeiramente, a capa me chamou atenção então fui ler a contra capa e vejo que ela é uma 'jornalista' e que usa óculos... Pronto, me identifiquei! Foi o suficiente para que eu queresse esse livro. Mas ainda assim achei que fosse um livro simples, mas ao ler eu vi que ele iria mexer com o meu psicológico.
Kacey Simon é maravilhosa, dita tendência, é a popular e tudo que ela diz é lei. Mas um dia sua realeza cai, por motivos de saúde ela tem de usar óculos e também aparelho. Além de ficar com uma aparência não muito agradável, ela ainda adquire uma língua presa que a faz perder seu lugar no programa de TV que ela apresenta e ainda perde seu lugar no musical.
Mas ela é persistente e não desiste fácil! Ela vai em busca de ter sua vida de volta. Usa Paige (uma das nerds) como sua aliada para conseguir seu trono de volta. Ela também utiliza a banda do Zander para chantagear a sua melhor amiga. Porém nesse meio ela percebe que a sua antiga vida, não é a verdadeira vida que ela deve viver. Molly não é sua melhor amiga de verdade, mas Paige sim, e Zander é muito mais especial do que ela imaginava...
Eu indicaria este livro facilmente aos fãs, assim como eu, de Paula Pimenta, tem um ritmo parecido e uma história linda também! Ah, e eu quero uma continuação, JÁ! 

Classificação


Trechos que marquei:

"Quando eu era criança eu achava que seríamos amigas para sempre, mas então cresci e percebi que as pessoas seguem em frente. As pessoas vão embora, e você não pode se deixar abalar por isso. Nada dura para sempre. É a vida.

Nenhum comentário :

Postar um comentário