Ultimas

03 outubro 2019

[Resenha] Eu deveria ter confiado em você - Whitney G.

Adicione ao skoob ❤ Compare e compre
“Eu deveria ter confiado em você”; autora: Whitney G; Editora: Universo dos Livros; 282 páginas.
     Esse é o terceiro volume que traz o desfecho dessa história sensual que envolve direito e balé. Tudo começa no primeiro livro quando Aubrey entra em um site para membros da advocacia se passando por advogada quando ainda estava cursando direito. O interesse dela era conversar com profissionais da área para que assim ela obtivesse ajuda nos seus exercícios acadêmicos.
     Mas lá ela encontrou Andrew, um homem com uma carreira incrível na área e que poderia acrescentar muito para ela. Mas o interesse dele no aplicativo era apenas para encontrar mulheres para “uma noite e nada mais” (esse é também o título desse primeiro volume), mas Aubrey parecia diferente, sempre com respostas perspicazes, perguntas inteligentes e ótimas observações. Eles criam um vínculo forte que é quebrado quando a mentira de Aurey é descoberta.
     Ela precisa de um estágio e é no escritório de Andrew que encontra. Ela sabe quem é ele, mas como no site de relacionamentos ela usa um nome falso e se descreveu totalmente diferente de como ela é, não tinha como ele saber que a garota pedindo um emprego e a garota com quem conversava a noite eram as mesmas pessoas. Mas foi difícil manter as duas personalidades quando o convívio presencial começou.
     Para piorar ainda mais a situação, fantasmas do passado de Andrew voltam a tona. Ele tem uma personalidade fechada, difícil, além de ser muito rude com todas as pessoas a sua volta. Sua vida pessoal é um tabu e ele quer que se mantenha assim. Porém, o outro lado, a parte de sua vida que ele quer esquecer, não deseja ser deixada de lado. E é nesse conflito que se inicia o segundo livro.

    Em “Eu deveria ter confiado em você”, Aubrey se dá conta que Andrew não tem mais conserto, que esse homem grosso que só pensa “naquilo” nunca vai mudar e ela não quer continuar convivendo com essa pessoa, resistindo a tentação, então ela decide ir embora e seguir a carreira que sempre sonhou: o balé. É só então que Andrew se dá conta que não consegue viver sem ela. E por coincidência do destino, ele se vê de volta próximo dela.
    Agora, tendo seus fantasmas do passado expostos, ele resolve assumir quem era e quem é e lutar pela mulher que ama e não vai medir esforços para isso. Quase como uma perseguição obsessiva, Andrew está sempre atrás de Aubrey para tentar uma reconciliação e até mais que isso. Porém, Aubrey está muito machucada e agora que ela sabe do segredo dele, ela tem ainda mais um motivo para não confiar mais nele.
   O livro é um romance erótico com um personagem com aqueles estereótipos bem populares: mandão, grosso, rude, sarcástico e gostosão. E o cenário em que essa história acontece é o que traz uma essência maior para a história: o direito. Ambos estão inseridos nessa carreira e o livro vai apresentando, entre seus capítulos, definições de termos utilizados no direito. Por meio da história é possível vivenciar um pouco dessa realidade, assim como somos também apresentados a arte do balé, outro cenário interessante que é abordado de forma realista, sem deixar toda a beleza que é característica da dança.
    É uma história instigante, cheia de mistérios em uma ambientação muito bem realizada e com altas doses devassas.


Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Estante da Josy
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates