Ultimas

31 outubro 2019

[Resenha] No ritmo da paixão - Erica Orloff

“No ritmo da paixão”; autora: Erica Orloff; editora: Harlequin; 250 páginas.
Cassie é uma renomada editora de livros, viciada em café, que tem um relacionamento peculiar por telefone com um de seus escritores. Tem também um problema no relacionamento com sua mãe e um amor impagável pelo pai.
Louis, o chefe da editora, lança Cassie para uma missão. Um grande autor que escreveu anteriormente um besteseller anunciou que está trabalhando na sequência que pode render a eles muito dinheiro. Mas para dar continuidade ao trabalho, esse autor exigiu a presença de Cassie em sua casa para realizar as modificações pessoalmente. Com essa promessa que poderia tirar Louis dos problemas financeiros, Cassie, que além de funcionária é também muito amiga dele, aceita o desafio.
Mas quem não ficou nenhum pouco feliz com a notícia foi Michael, o autor que está sempre ligando para Cassie durante as madrugadas, sempre dizendo que a moça é sua inspiração. Eles possuem um relacionamento um pouco virtual e platônico e para Cassie está muito bom assim, mas Michael não vê dessa forma. E quando ela anuncia que irá para a casa de outro autor, ele se desespera e se declara para ela. Apesar de ficar um pouco surpresa com a reação do rapaz, ela é firme em sua decisão.
Cassie teve um casamento anterior que não foi muito bem-sucedido e para ela agora, o amor verdadeiro só existe nas páginas dos livros que ela edita.
“...lunático é aquele que acredita em fadas, em anjos, no amor eterno e na amizade perfeita. Sem eles, a feiura da humanidade viria à tona.”
Ao chegar na casa de Roland, o autor famoso, ela percebe que as coisas não são nada como ela imaginava. Roland, que havia se isolado após o sucesso de seu livro “Simplesmente Simon” parecia ainda desfrutar das regalias que esse sucesso havia proporcionado. O que era muito estranho, já que o livro tinha sido lançado há muito tempo atrás. E o pior de tudo é que Roland apresenta para Cassie um livro impublicável. Enquanto ela tenta reverter essa situação, ela precisa lidar com um jornalista enxerido e com a comida de Maria, a cozinheira de Roland, que adora preparar pratos com temperos muito fortes.
Roland também tem problemas com o tempero, mas mesmo assim não diz nada a Maria, prefere viver todos os dias na base das balinhas para queimação no estômago. Outras coisas como, animais pela casa, também não é algo que ele aprecie, mas Maria quis e ele aceitou. Cassie começa a perceber que existe algo a mais ali e então resolve ficar para investigar.
“Qualquer homem que acredita que pode viver com uma mulher e não ser controlado por ela é um tolo.”
Enquanto tenta solucionar o caso de amor de Roland, ela é confrontada por seus próprios fantasmas. Ela começa a ter consciências de seus erros e tudo que está constantemente afastando de si por medo. Isso a faz perceber que ela também ama Michael, afinal, mesmo ela o alertando que ela pode ser a pior mulher do mundo, ele sempre a aceitou como é. O problema é que ele parece um pouco decepcionado e tem se afastado. Então ela decide se aventurar e ir atrás dele, correr atrás de ser feliz pela primeira vez, mas pode ser surpreendida mais uma vez por seus atos impulsivos.
Uma história com todos os elementos bem dosados, que apresenta o cenário da literatura, o que, para nós apaixonados por livros, é um toque a mais para nos deixar caidinhos pelo livro. Apesar de ser um livro com mais de 15 anos de publicação, ele aborda um cenário bem contemporâneo, mesmo com suas características da época. Uma linguagem deliciosa e uma narrativa que prende até a última página.




Estante Virtual  Mercado Livre 

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Estante da Josy
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates