[Resenha] Sol e Sonhos em Copacabana - Aliel Paione

Compare e compreAdicione ao skoob
            Olá leitores, como estão? Hoje gostaria de dividir minhas opiniões sobre o livro Sol e Sonhos em Copacabana, do autor Aliel Paione, lançado pela editora Pandorga.
Sinopse
Jean-Jacques Chermont Vernier, jovem diplomata francês, chega ao Rio de Janeiro durante o governo Campos Sales, em 1900. Vem ao Brasil para trabalhar na embaixada da França como consultor econômico. Descendente de tradicional família de diplomatas, pertencentes à nobreza francesa, Jean-Jacques é induzido à carreira diplomática pela insistência de sua mãe, a condessa De Chermont. Jovem, idealista e romântico, Jean-Jacques sente-se decepcionado ao deparar-se com a aridez de seu trabalho, que confronta sua personalidade sensível e boêmia, ou sua maneira de encarar a vida. Jean-Jacques conhece, no cabaré Mère Louise, em Copacabana, uma mulher lindíssima, Verônica, e é dominado por uma paixão avassaladora. Verônica é uma tirana de corações, capaz de levar um homem do céu ao inferno com a mesma facilidade com que as folhas secas são sopradas pelo vento. Ele é correspondido, então iniciam um romance que, para Jean-Jacques, significa a plenitude de sua sensibilidade amorosa e estética. Porém, ela é amante de um respeitável senador da república, o senador José Fernandes Alves de Mendonça, que trabalha com o ministro da fazenda de Campos Sales, Joaquim Murtinho, nas negociações do Funding Loan. Tem-se, então, um triângulo amoroso de consequências e desdobramentos surpreendentes. Durante a narrativa, são efetuadas análises críticas históricas sobre a vida política e econômica do Brasil pertinentes à república velha, conexões que se estendem à época contemporânea. O cabaré Mère Louise realmente existiu na época e local descrito.
            A obra se passa em 1900, ou seja, essa leitura é ideal para quem gosta de romances de época. Jean – Jacques Chermont Vernier, um jovem diplomata francês veio ao Brasil para trabalhar na Embaixada da França como consultor econômico. Ele se encanta pelas belezas do país e se apaixona a primeira vista pela encantadora e sedutora Verônica. Sua beleza era algo que Chermont sabia se tratava de algo raro e único.
"Iludido e surpreendido com tanta beleza, estava diante de uma daquelas raríssimas tiranas de corações, pois Verônica seria capaz de levar um homem ao céu ou ao inferno com a mesma facilidade com que as folhas secas, caídas sobre o chão, são sopradas pelo vento".
            Verônica correspondia aos encantos do francês, porém, ela já era amante de um renomado senador da república, José Fernandes Alves Mendonça. E quando a vida desses três se cruza nesse triângulo amoroso, a leitura começa a ter um ótimo desenvolvimento.
            A jovem meretriz, há dois anos era exclusiva desse senador, mas logo de cara Chermont percebeu que a relação dos dois não era fundamentada no amor, não pela parte da jovem pelo menos.
            A obra como já citei acima, é de época, então a leitura tem um vocabulário bem rebuscado e isso pode causar certa estranheza aos leitores que não estão adaptados a esse contexto, porém isso não compromete a qualidade do livro.
            Na publicação, o leitor encontra bem mais do que um simples romance, questões como política da época do governo republicano de Campos Sales, e até mesmo críticas a Velha República brasileira estão presentes.
            Outro ponto alto da obra é a riqueza de detalhes que o autor coloca sobre sua história em relação à maneira como descreve os lugares, inclusive o cabaré Mère Louise, e as informações sobre a política na época, isso só aproxima o leitor de sua história e de seus personagens. Copacabana era um lugar que efervescia com vários cabarés no século XX, esse relatado no livro, realmente existiu.
            Indico essa leitura para quem gosta de histórias de época que abordam o contexto de romance e gostam de conhecer um pouco mais sobre os períodos que nos antecederam.
            Por hoje fico por aqui! Até a próxima leitura!

Ficha técnica:
Sol e Sonhos em Copacabana
ISBN :
978-85-8442-221-0
Número de páginas: 381
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 39,90


Sobre o autor: Aliel Paione nasceu em Varginha, Minas Gerais. É engenheiro, Mestre em Ciências e Técnicas Nucleares pela UFMG, onde trabalhou no departamento. Atualmente é professor de Física na PUC. Porém, são atividades secundárias perante o seu amor e vocação literários.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Template desenvolvido por Bruna Borges © Todos os direitos reservados - Powered By Blogger