[Série] #23 House of Cards - Netflix

                Olá como estão? A resenha desta semana é sobre uma série que é muito poderosa. House of Cards é outra produção da Netflix que emplacou logo em sua primeira temporada.
Com um tema muito atual, a abordagem da produção gira em torno do cenário político dos Estados Unidos. Frank Underwood (Kevin Spacey) é do Partido Democrata, que é o partido do presidente eleito Garrett Walker (Michel Gill). A história começa com a ambição de Frank em se tornar Secretário de Estado, mas que a princípio não dá certo, pois a chefe do staff do presidente Linda Vasquez (Saquina Jaffrey) acaba indicando outra pessoa.

                 E, é a partir deste primeiro revés sofrido por Underwood, que ele começa a arquitetar seu plano de vingança para chegara até o poder. E preciso ressaltar que esse personagem é incrível e apaixonante. A narrativa é realizada em primeira pessoa, e a impressão é que o personagem fala diretamente com o telespectador, e é impossível não se envolver com a trama.
                Um dos pontos altos da série é a interpretação de Kevin. Ele está brilhante. Seu personagem é astuto, inteligente e manipulador. E claro, não mede esforços para chegar a seus objetivos, sem se importar com o que será necessário ser feito para alcança-los.
                Sua mulher Claire (Robin Wright) não fica atrás no quesito inteligência e perspicácia. Ela também se mostra muito ambiciosa e assim como o marido, está disposta a tudo pelo poder.
                Aliás, esse é o grande fator da produção: poder. Afinal, quem não quer ser um dos homens mais poderosos do mundo? E ser o presidente de umas das nações mais poderosas do mundo?
                Frank sonha alto, sonha longe! E já na primeira temporada, é possível analisar que limite, é uma palavra que ele não conhece. Ao todo até agora são cinco temporadas com treze episódios cada, sendo que a dinâmica da produção é muito bem direcionada.
                É uma série para quem gosta de política, mas não apenas para essas pessoas. Pois a qualidade da produção vai muito além de apenas essa temática, ela explora muitos conceitos.
                E nunca uma série esteve tão próxima da realidade, afinal, a política está no centro de muitas questões atuais. E todas essas abordagens são realizadas na série, como por exemplo, manobras políticas, corrupção, favorecimentos e esquemas que só visam o próprio poder.
                 É uma das melhores produções já realizadas pela Netflix, por seu conteúdo atual, atuação do seu elenco e pela qualidade da produção.
                Por hoje fico por aqui! Até a próxima resenha!
house of cards

Nenhum comentário :

Postar um comentário