[Resenha] Nossa música - Dani Atkins

     Olá leitores, como estão? A resenha desta semana é outro livro da autora Dani Atkins, e preciso confessar que estou apaixonada pela escrita dela. A obra da vez é “Nossa Música”. Lançada em 2017, pela editora Arqueiro, o livro possui 368 páginas.
Resultado de imagem para livro nossa musica
Compare e compreAdicione ao skoob
Sinopse:
     Ally e Charlotte poderiam ter sido grandes amigas se David nunca tivesse entrado em suas vidas. Mas ele entrou e, depois de ser o primeiro grande amor (e também a primeira grande desilusão) de Ally, casou-se com Charlotte. 
     Oito anos depois do último encontro, o que Ally menos deseja é rever o ex e sua bela esposa. Porém, o destino tem planos diferentes e, ao longo de uma noite decisiva, as duas mulheres se reencontram na sala de espera de um hospital, temendo pela vida de seus maridos. Diante de incertezas que achavam ter vencido, elas precisarão repensar antigas decisões e superar o passado para salvar aqueles que amam. 
    Com a delicadeza tão presente em seus livros, Dani Atkins mais uma vez nos traz uma história de emoções à flor da pele, um drama familiar comovente que não deixará nenhum leitor indiferente.

     Como vocês já devem ter percebido, eu amo os livros da Dani Atkins. Após está constatação óbvia, preciso dizer que o livro Nossa Música, é muito bonito e emocionante, assim como outras obras da autora.
     Quando Ally reencontra Charlotte em uma sala de espera do hospital, ambas não imaginam que o marido da outra está dentro de uma sala lutando pela vida. As duas poderiam ter sido muito amigas, caso ambas não tivessem se apaixonado perdidamente por David. E anos após essa confusão amorosa, no encontro naquele corredor frio do hospital, as emoções entre as duas esquentam e trazem à tona sentimentos que estavam guardados no passado.
     Ally e Joe são de famílias mais simples. Já David e Charlotte sempre viveram no luxo e no conforto. Os quatro tiveram seus caminhos envolvidos na época da faculdade. E após alguns conflitos e desilusões amorosas, a história parecia ter ficado no passado. O que eles não poderiam imaginar, é que anos depois, com suas vidas bagunçadas por acontecimentos recentes, eles se encontrariam naquele hospital.
     A autora mistura fatos do passado e do presente entre sua narrativa, e isso é positivo na obra, pois é possível entender um pouco sobre a história dos personagens antes dos acontecimentos recentes, dos quais somos apresentados no livro.
     A obra em sua maioria é narrada em primeira pessoa, pela visão de Ally e Charlotte. Apenas o capítulo inicial e final acontece em terceira pessoa. Com essa aproximação da autora trazendo o leitor para próximo dos personagens, é impossível não criar afinidade com ambas as mulheres, com suas histórias e como elas chegaram a aquele destino.
     A autora consegue levar o leitor para dentro de sua obra, de modo que é possível sentir seus medos, aflições, dúvidas, receios entre outros sentimentos. Neste livro acompanhamos como os personagens chegaram aquele ponto, e podemos fantasiar como aas histórias poderiam ser diferentes, se isso ou aquilo não tivesse acontecido.
    O bacana na escrita da autora é que seus personagens não são perfeitos, eles cometem erros, tem seus arrependimentos, e isto faz de seus livros mais humanos e reais.

Espero que tenham gostado da resenha! Até a próxima! 

Nenhum comentário :

Postar um comentário