[Poema] #21 Distante


Sabe aquela paixão que ferve dentro de ti? Pois é, é isso que sinto. Porém, a pessoa já está comprometida e não sei como lidar com isso. Fujo, me escondo, deixo de lado? Tais questões são expressas no poema a seguir.


Longe, muito longe
Dois países separados, continentes distantes
Saudades sinto mesmo nunca ter te visto
O que fazer, como proceder, se meu amor por ti continua o mesmo?
Sim, te amo com intensidade
Perdoa-me se não te demonstrei
Não sei lidar com isso 
Não posso simplesmente dizer: "Chega! Pare! Não me perturbes mais!" ao que sinto
Está aqui, aflorado sobremaneira
Fervendo, me corroendo
Sinto uma mistura de raiva e felicidade
Te quero feliz, desejo sucesso em tua vida
No entanto, também a quero só para mim
Não sei se compreendes, espero que sim
Contanto que eu não seja seu superintendente

Nenhum comentário :

Postar um comentário