[Resenha] O Sol também é uma Estrela - Nicola Yoon

Olá leitores, como estão? Hoje gostaria de dividir com vocês minhas impressões do livro O Sol também é uma estrela do autor Nicola Yoon, lançado em 2017 pela editora Arqueiro.
Resultado de imagem para o sol também é uma estrela
Compare e compreAdicione ao skoob ♥ 
Sinopse:
“Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história.Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois.O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?”

De imediato preciso dizer que adorei esta leitura. A obra de Nicola consegue ser tão envolvente, e prender o leitor de uma maneira que é impossível parar a leitura antes de final. O livro gira em torna de dois personagens principais: Natasha e Daniel. Mas apesar deles serem os protagonistas dessa história, o autor nos apresenta durante o livro, várias outras “historinhas” que ajudam a entender como a história vai se desenvolver, e o porquê dos acontecimentos de desenvolverem em sua obra.
A trama toda é narrada diante das perspectivas dos personagens. Natasha é uma jovem que mora nos Estados Unidos com o pai, a mãe e o irmão mais novo. De cara somos apresentados ao seu drama: ela e a família estão prestes a serem deportados para Jamaica, seu país de origem. Nisto, a garota de 17 anos que sonha em fazer faculdade e construir seu futuro na América, se vê em uma situação praticamente irreversível.
Mas ela promete não se entregar tão fácil assim. Tudo o que ela tem é um dia para tentar mudar seu destino. Na verdade ela não acredita em destino, nem em várias coisas que envolvam sentimentos. Tudo para ela pode ser explicado pela ciência.
Do outro lado desta história conhecemos Daniel. Um jovem de origem Coreana que vive com a família nos Estados Unidos. E apesar de viverem na América, seus pais fazem questão de manter as tradições de seu país, e eles são muito rígidos quanto à criação dos filhos Daniel e Charlie. O irmão mais velho de Daniel, aliás, e um cara desprezível, adora se vangloriar por seus feitos e principalmente humilhar seu irmão caçula.
Em um dia que parece comum, Daniel sai de sua casa para uma entrevista para a faculdade de medicina em Yale. Mas logo conseguimos perceber que não é isso que o doce garoto quer pra sua vida. Ele ama escrever poesias e baseia suas crenças neste universo maravilhoso dos poetas.
E por acaso, como mágica, o destino dos jovens se cruza. E apesar das gritantes diferenças, a uma afinidade logo de cara entre os dois. Daniel então tem uma missão: fazer a descolada Natasha se apaixonar por ele. Ela cética, duvida disso, pois se baseia em fatos concretos e não em sentimentos. O que o jovem não imagina é que ela tem apenas esse resto de dia para tentar ficar no país com sua família.
E depois desse encontro somos apresentados a uma história que é muito mais que um romance entre adolescentes. Trata-se de um livro que aborda temas muito importantes como, por exemplo, racismo, questões culturais e conflitos familiares.
Mas o que será que o destino reserva para Natasha e Daniel? Será que ela vai conseguir ficar nos Estados Unidos? Será que ele vai seguir o desejo de seus pais e entrar na faculdade de medicina? Ou vai seguir seu sonho de ser um poeta?
Meus queridos, não me atreveria a estragar a leitura de vocês contando-lhes o final desta história. Só posso garantir que o modo como o autor conduz sua obra é muito agradável e proporciona uma ótima experiência com sua história.
Por hoje fico por aqui! Até a próxima resenha!

Nenhum comentário :

Postar um comentário