[Resenha] Quando eu me amar - Natalia Moreno

Compre direto com a autoraAdicione ao Skoob
     “Quando eu me amar”; autora: Natalia Moreno; Editora: Rosa Rosé; 87 páginas.
Sinopse: Há escolhas que mudam toda a vida, e Sofia não sabe que caminho seguir.
     Ela está dividida entre um novo amor e uma paixão de infância que acredita ser o homem da sua vida.
     Quando os dois cruzam ao mesmo tempo o seu destino, o seu coração e a sua razão entram em conflito. Afinal, com quem vale a pena ficar? E como seguir em frente com toda a dor que traz do passado?


 
     O principal tema abordado nesse livro é o amor próprio e todas as suas vertentes. A autora aborda de uma maneira literária e exemplificada que uma pessoa não terá capacidade de amar o seu exterior se o seu interior não for bem tratado.

     Sofia é um jovem que não consegue ter amor próprio. Ela é apaixonada por Bernardo desde a infância e por esse amor, ela sempre se rebaixa. Bernardo não quer nada sério, mas tira uma casquinha já que ela está sempre disponível para ele. Por causa dessa dependência que Sofia confunde com amor, ela acaba perdendo oportunidades de viver um amor verdadeiro quando encontra Vitor. Consequências do passado e a dúvida no seu presente, a deixam balançada.
     Apesar da dor, a situação da perda talvez tenha sido necessária para que ela percebesse o que estava acontecendo consigo mesma.  Passando por um momento de reflexão, ela pôde perceber que antes de amar alguém, era necessário que ela amasse a si mesma, se valorizasse, caso contrário, nunca funcionaria. Determinada, foi isso que ela decidiu fazer. Ela sabe que o futuro reserva coisas muito melhores para o momento em que ela aprender a se amar.
“Hoje eu quero ser verdadeira comigo mesma. Enfim, estou em paz. Antes de amar alguém, irei amar a mim”.
     O livro tem uma narrativa bem fluída, gostosa de acompanhar. Ele é pequeno (como versão pocket) e tem apenas 87 páginas, então é possível ler de uma única vez e ao final, refletir com o aprendizado que a protagonista nos passa.
     Eu acho que essa é uma ótima indicação para pessoas que estão passando por problemas de autoestima, para que possam ver, por meio de um relato, que o amor próprio é fundamental, que assim que você enxergar o quanto é incrível, as pessoas ao seu redor também verão, e te valorizarão mais. Fica aqui a dica, tanto do livro, quanto do conselho desempenhado por ele.

Sobre a autora:

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, atividades ao ar livreNatalia Moreno vive em terceira pessoa, procura um lugar ao mundo, gosta de animais, música, dançar, ler e escrever. Gosta da sensação de poder ser ela. Ri com facilidade e chora mais fácil ainda. É impulsiva e compulsiva. Escreve por hobby, tenta colocar em palavras escritas sentimentos e sensações que não consegue transmitir em palavras faladas, É paisagista e estuda Letras. Tem o defeito de querer colocar tudo em ordem, desde um quadro torto até o mundo e se desespera por este último estar fora do seu alcance. 





Nenhum comentário :

Postar um comentário