[Resenha] O Pequeno Príncipe - Antoine De Saint- Exupéry

Resultado de imagem para o pequeno principe ed geraçãoOlá meus queridos, tudo bem com vocês? Nesta semana que antecede uma data tão es-pecial e querida para mim particularmente, o natal, trago uma resenha de um clássico. Poderia dizer um clássico da literatura infantil, mas vamos combinar que esse livro está longe de ser lido apenas pelo público infantil. O Pequeno Príncipe de Antoine De Saint- Exupéry é uma das obras mais traduzidas em todo o mundo. A edição que tenho é da editora Geração em formato especial, lançada em 2015.
Essa edição além da história completa com nova tradução, ainda tem fotos e estudo sobre vida e obra do autor. Além de ter lindas ilustrações, ter capa dura e ser super colorido.
A narração se inicia com a história de um piloto, que conta suas experiências com o mundo adulto quando era criança, e suas frustrações com esse “mundo” tão complicado.
Quando seu avião sofre uma pane, ele se vê obrigado a parar no deserto do Saara, então começa a viver muitas aventuras. Descreve então seus encontros neste percurso. É neste caminho que ele conhece o Pequeno Príncipe, um dos personagens mais conhecidos e queridos de todo o mundo.

O jovem príncipe conta ao piloto como é viver em seu pequeno planeta, e pouco a pouco ambos constroem uma bonita amizade. Então o piloto descobre sobre as viagens do pequeno príncipe. Em seu caminho o jovenzinho encontra um rei, um homem vaidoso, um bêbado, um homem de negócios, o homem do lampião, um velho escritor, até finalmente chegar a Terra.
Na terra o pequeno príncipe encontrou outros em seu caminho de viagem, e sem dúvida foi uma viagem de muito aprendizado para o menino.
A obra trata de uma história bem simples. Porém engana-se quem acredita ser uma história bobinha, infantil. As mensagens que o livro nos passa, são essenciais, porém se não prestarmos atenção ao ler, elas serão invisíveis aos olhos. O Pequeno Príncipe é um grande ensinamento sobre diversos temas e nos faz lembrar como é lindo e doce o mundo visto pelos olhos de uma criança.
Se nos tornamos eternamente responsáveis por tudo que cativamos, saibam que será impossível ler essa obra sem ficar totalmente cativado. Seja por sua mensagem, por sua infinita doçura para tratar assuntos sérios para a visão de uma criança, ou pelo encantamento que se tem pelo pequeno garotinho de cabelos dourados.
Espero que tenham gostado da dica. Acho essa época muito interessante para uma leitura tão leve e marcante como essa. Que ao ler esse livro você se lembre de como é gentil, leve e cheio de esperança o mundo visto pelos olhos dos pequenos.
Um feliz natal para todos os leitores do blog Estante da Josy, e até a próxima!
(Deixo vocês com alguns trechos lindos desse livro perfeito ☺).

“Eu me julgava importante por possuir uma flor inigualável. Agora me dou conta de que se trata de uma rosa como outra qualquer.” Pág.93.
“- Mas você não deve esquecê-la. Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa. É responsável por sua rosa... “ Pág 101.
“Olhem atentamente esta paisagem para que, um dia, se visitarem a África, possam reconhecê-la no deserto. Caso passem por ali, peço a vocês, não se apressem, parem por um momento sob a estrela! Se, por acaso, um jovem aparecer e sorrir, e se ele tiver cabelos dourados e nada responder quando perguntado, tenham certeza de que é ele”. Pág 129.

4 comentários :

  1. Oi Angélica,

    Li esse livro depois de grande e entendo porque ele é tão amado pelas pessoas. É um livro simples, mas com ensinamentos importantes para todas as idades. Leitura rápida e muito boa, a adaptação de 2015 também recomendo. :)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Denise,
    É realmente um livro bem especial, e super recomendado para todas as idades!
    Bjus

    ResponderExcluir