[Resenha] O Dragão de Gelo - George R. R. Martin

Resultado de imagem para o dragão de gelo livro capaOlá pessoas apaixonadas por livro! Tudo bem com vocês? Hoje aqui no blog Estante da Josy, trago uma resenha de um livro de George Martin, que foi lançado pela editora Leya, no ano de 2014. Para aqueles que pensaram em algo relacionado às Crônicas de Gelo e Fogo, digo que é uma obra bem diferente do estilo “sanguinário” já conhecido do autor.
Trata-se de um livro infantil, porém como experiência própria de quem o leu, digo que é um livro que pode ser lido por qualquer pessoa, de qualquer idade. Quem gosta de fantasia certamente vai adorar essa história de Martin.
Adara é uma menina que nasceu durante um longo e tenebroso inverno, que levou sua mãe embora. A garota sempre foi apaixonada pelo inverno, esperava ansiosa por está estação durante todo o ano. Seus irmãos recebiam o carinho do pai, já a menina apenas o recebia durante os ataques cruéis do inverno, e esses abraços vinham seguidos de lágrimas.

O tio da menina era o cavaleiro do Rei e quando ele vem visita-los traz consigo uma notícia terrível, o inimigo se fortaleceu durante a guerra. O tio então aconselha o pai da menina a levar sua família embora do lugar antes que as coisas se compliquem. Ele, porém se recusa e permanece com sua família no lugar. Adara fica feliz com a permanência no local, afinal com a chegada do inverno ela pode se encontrar com o temido Dragão de Gelo, que segundo a lenda local nunca foi dominado por homem algum.
Com uma linda história George Martin estreia na literatura infantil. Sobre força, poder e amizade, O Dragão de Gelo é belo, muito bem escrito e tem sim muitas referências em seu vocabulário com sua famosa sequência das Crônicas de Gelo e Fogo. Mais fiquem tranquilos caros amigos leitores, se você não leu sobre o universo de Westeros, você não ficará perdido ao ler está história. Apesar do Dragão e de Andara ser uma criança do inverno, essa obra é leve e encantadora, algo bem diferente dos dramas, tragédias e mortes de Game Of Thrones.
Outro ponto forte do livro são as ilustrações que são do espanhol Luis Royo, assim é impossível o leitor não fazer associações dos desenhos com a história, o que acaba sendo uma experiência de leitura bem agradável.
Bem pessoal, fico por aqui com os já tradicionais trechos favoritos da obra! Até a próxima! Beijos!
“Adara gostava do inverno mais do que tudo, pois quando o mundo esfriava, o dragão de gelo aparecia.” Pág. 13.
“É verdade que Adara sempre foi uma criança diferente. Era uma garotinha muito séria que raramente se interessava em brincar com as outras crianças. As pessoas diziam que ela era bonita, mas de um jeito estranho e distante.” Pág. 18.
“Quando chegou a primeira geada, todos os lagartos de gelo apareceram, como sempre tinham feito. Andara os observou com um sorriso no rosto, lembrando-se de como as coisas haviam sido. Mas não tentou tocá-los. Eram coisinhas frias e frágeis, e o calor de suas mãos iria machucá-los.” Pág. 120.

Nenhum comentário :

Postar um comentário