[Resenha] Donnie Darko

Resultado de imagem para livro donnie darko                Olá leitores! Hoje gostaria de falar com vocês de um livro que é sobre um filme. Isso mesmo, não estou trocando as bolas. Sei que o comum é ter filmes que são baseados em livros, mas isto é apenas uma das particularidades deste obra.
                Você já ouviu falar sobre esse número – 28: 06: 42: 12?? Ou a frase: Wake up Donnie? Se a resposta for não, você precisa correr para ver este filme que é uma verdadeira obra de arte.
                O filme
                Donnie Darko é um filme que foi lançado em 2001 sob direção e roteiro de Richard Kelly. A trama aborda a vida de um jovem chamado Donnie (Jake Gyllenhaal). Este é um filme que ficou rotulado como “complicado”, “impossível de ser compreendido”, mas não é bem assim.  Richard proporciona em seu filme, uma história que tem um final aberto, ele não fecha possibilidades de entendimento para seus telespectadores, isso torna a obra intensa e muito interessante.

                Donnie é um adolescente incomum. Problemático e com índices de doenças psicológicas, ele vive em um conflito interno quando em uma noite é acordado por uma pessoa fantasiada de coelho, Frank. Ele diz ao jovem que o mundo vai acabar em 28 dias, 06 horas, 42 minutos e 12 segundos. Esse homem macabro vai acompanhar Donnie em vários momentos do filme.
                Após esse acontecimento estranho, Donnie acorda em um campo de golf, sem se lembrar de como foi parar ali. Ele então vai para sua casa, e ao chegar, percebe que o local está cercado por policiais. Logo ele é informado que durante a noite, uma turbina de avião desprendeu-se misteriosamente e caiu sobre seu quarto.
                A partir daí, muitas coisas estranhas começam a acontecer na vida do jovem (não vou dar muitos detalhes, pois não quero dar spoilers para quem ainda não viu o filme. Se acharem interessante, podemos falar sobre teorias do filme em outro post). A produção aborda uma grande discussão sobre vida e morte e os universos em que o filme acontece.
                Esses universos são UP- Universo Primário – em que existimos agora e UT – Universo Tangente – um universo paralelo, que é muito abordado no filme. Tudo isso com base na filosofia da viagem no tempo, escrito pela Vovó Morte.

                O livro
                Como já citei acima, o livro é baseado no filme. Então, seu conteúdo é essencial para quem é apaixonado pela produção.
                No início temos as impressões do autor sobre o livro e ele (e eu também) aconselha a ver o filme primeiro, para depois ler o livro. Na sequência, temos o prefácio, escrito pelo ator Jake Gyllenhaal, que interpreta (brilhantemente) Donnie.
                Depois temos uma entrevista com o diretor e autor da história, Richard Kelly. Nela ele aborda questões muito interessantes que passam pela produção do filme, escolhe dos atores e lá no começo, como foram às dificuldades para fazer a ideia, sua história virar um grande sucesso nas telonas.
                 E logo depois, temos o roteiro original do filme, que confesso, foi o que mais gostei no livro. Nele, é possível enxergar as cenas do filme, através do que o diretor quis passar para quem assistisse a seu filme. A riqueza de detalhes é muito interessante e eu considero indispensável para quem assim como eu, é apaixonada pela produção.
                E para finalizar, temos o livro “A filosofia da viagem do tempo” por Roberta Sparrow, a Vovó Morte.
                Fora tudo isso, ainda temos uma edição linda de capa dura, tão misteriosa quando é possível de se imaginar, com imagens que tem relação direta com o filme, o livro é muito bonito e cheio de referências.
                Sei que a resenha ficou gigante, mas meus caros, estamos falando de Donnie Darko, logo, não tem como ser breve. Espero que tenham gostado! Até a próxima resenha!
Donnie Darko

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Template desenvolvido por Bruna Borges © Todos os direitos reservados - Powered By Blogger