[Resenha] Feliz ano velho - Marcelo Rubens Paiva

Resultado de imagem para feliz ano velhoOlá leitores queridos, como estão? Espero que tenham tido um ótimo natal! Nesta última resenha do ano trago um livro que amo muito. Sei que já está ficando clichê essa frase por aqui, mas Feliz Ano Velho foi um dos livros que me fez se apaixonar pela leitura e por este mundo mágico dos livros. Escrito por Marcelo Rubens Paiva, a história é sobre a vida do autor.
Marcelo sempre foi um jovem muito ativo, gostava de sair com seus amigos e aproveitar sua vida ao máximo. Tudo começa a mudar, quando ele mergulha em uma cachoeira e após bater sua cabeça em uma pedra ele acaba fraturando a coluna. A partir deste acidente, sua vida muda totalmente. No início muitas dúvidas surgem em sua cabeça, e ele tem que aprender a lidar com seu corpo, seus sentimentos e as dificuldades que as sequelas do acidente deixaram em sua vida.

O livro é narrado em primeira pessoa. Logo seu texto é de fácil compreensão, porém se você for o tipo de leitor conservador, este livro não irá lhe agradar. Mais se você é o tipo de leitor que gosta de histórias reais, de problemas reais e não tem medo de mergulhar em uma história que mostra a verdade nua e crua sobre as dificuldades de quem vê sua vida virada do avesso e tem que começar do zero, esse livro vai lhe encantar.
O vocabulário usado pelo autor é repleto de gírias e palavrões afinal, quando Marcelo sofre o acidente, ele ainda é muito jovem. Logo é possível observar um amadurecimento do personagem durante a história do livro. E imaginar como os jovens viviam naquela época e como era a relação deles com as drogas, sexo, enfim a verdade como o autor conta sua história é o ponto alto da obra.
Como Marcelo nos conta muitas histórias acabamos conhecendo outros personagens, inclusive um drama da infância do autor que se deu após o sumiço de seu pai na fatídica época da ditadura militar.
  Feliz Ano Velho me encantou por sua simplicidade, sua verdade, sua honestidade com o leitor. Como disse no inicio foi um livro muito especial para mim e confesso que sou apaixonada por essa obra.
Nada melhor que antes de começar um ano novo, conhecermos um “Feliz Ano Velho”, contado por alguém que teve que reaprender a viver após essa grande mudança.  Este livro, mais do que uma história real, se trata de uma história de superação e nos concede bons momentos de reflexão e ensinamentos.
Bom, por hoje é só! Gostaria de agradecer pelo espaço concedido pelo blog “Estante da Josy”, neste ano, para que eu pudesse dividir com vocês minha imensa paixão pelo mundo das páginas, pelo mundo dos livros.
Que todos tenham um 2017 repleto de coisas boas e que possam ter todos os livros que desejam! rsrsrsrs
Até a próxima resenha! Deixo vocês com alguns trechos do livro!
“Subi numa pedra e gritei:– Aí, Gregor, vou descobrir o tesouro que você escondeu aqui em baixo, seu milionário disfarçado.Pulei com a pose do Tio Patinhas, bati a cabeça no chão e foi aí que eu ouvi a melodia: BIIIIIIIIIN.”
”O passado aconteceu , foi bom , mas não volta mais .Agora a gente tá noutra. Você está na beira de uma escada e tem muitos degraus pra subir. Cada degrau é uma tremenda vitória que tem que ser muito comemorada .Olhar para trás não adianta.Aconteceu”.
“Um dia tudo perdeu o sentido e desejei minha própria morte, mas nem de me matar eu era capaz. Tinha de sofrer e estar só.”

Nenhum comentário :

Postar um comentário