[Resenha] Os sonhos de Rita - Gislaine Oliveira - Editora Novo Romance



Sinopse:

Sinopse: Prever o futuro em sonhos era um dom divertido para Rita. Até ela sonhar com o próprio casamento, cujo noivo não é Felipe, seu amado namorado. Ao saberem disso, os dois partem junto com os amigos numa jornada para mudar esse cruel destino. Mas tudo se complica quando Rita conhece Thiago, o noivo. "Minha vida tinha se transformado numa tentativa desesperada de não perder Rita. Nem mesmo por um segundo." - Felipe. 

Minha Opinião Pessoal:

É com muito pesar que digo que não gostei tanto assim... Quando vi o nome do livro e a capa criei uma expectativa enorme e depois que comecei a ler, entretanto, me desanimou. Não é que a história é ruim, só acho que foi um pouco má elaborada pois as informações foram jogadas avulsas no livro, não seguem uma sequência lógica. Enfim, não pensem que eu estou desprezando esse livro por causa dessas críticas. O livro é bom. Fiquei encantada com o livro fazer citações de outros livros que fazem coerência com a atual situação, foi genial. O morro dos ventos uivantes, mais uma vez, se encaixando perfeitamente na citações de livros. Os personagens são encantadores e me vi diversas vezes no lugar da Rita.
Rita sonha, literalmente, com o amor da vida dela, o conhece, se apaixona, mas depois sonha novamente, só que dessa vez, casando-se com outro cara que não era Felipe, o amor de sua vida. Ela o ama, ele a ama e por isso tentam juntos uma maneira de mudar esse futuro. Mas então ela percebe que os sonhos dela não mudam o futuro, o presente muda o futuro. É as escolhas dela que formam aquilo que ela via. E a escolha dela é que me frustrou. "Nadar tanto para morrer na praia" é uma frase que descreveria isso.

Classificação:


Trechos que marquei:

"Mas ele tinha por Rita um amor que duvidava que alguém pudesse sentir. Rita era parte dele. Ou todo dele. E perdê-la era perder a si mesmo."

"— Amor, — Ana tentou permanecer calma, mas não teve o resultado esperado. Sua voz soou irônica quando ela perguntou. — por que não damos logo o nome de Rita então? 
— Porque eu só posso amar uma Rita."

4 comentários :

  1. Oiii Josy. Que pena que vc achou isso sobre os acontecimentos do livro :(
    Mas sobre o amor, eu quis dizer isso mesmo. Nem sempre amar uma pessoa é suficiente para que possamos estar com ela. "As razões que me impedem de estar com vc, vai além de te amar, vai além do querer...." Fernando e Sorocaba.
    Fico feliz que tenha gostado da ideia das citações dos livros :) Eu amoooo O Morro do Ventos Uivantes.
    E os trechos que citou eu amo. Embora eu tenha um pouquinho de pena da Ana, hhehheh.
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Gi !
      Então, eu entendi o propósito imposto, mas não estou habituada com esse desfecho. Beira muito a realidade que a gente vive em que nem tudo é como a gente quer, isso me causou um certo impacto, principalmente... ALERTA DE SPOILER haha, principalmente quando ela o vê e fica balançada e vai atrás dele, seria ótimo se ela realmente fosse, em busca daquela amor impossível! Eu sou uma romântica incorrigível, por isso é muito difícil aceitar.
      Ah, e tem mais uma coisa que eu gostaria de saber - essas são as vantagens honrosas de se ter uma autora visitando o blog :D - é que no final ficou um pouco em aberto, senti um tom de reticências... Vai ter uma continuação? *-*
      Beijos,
      É sempre um grande prazer te receber aqui :*

      Excluir
    2. Oiii Josy. Então... eu gostaria sim de ter uma continuação (quero muito que todos possam ler a versão do Felipe sobre aquela última cena) , mas não sei se irá rolar :( Mas se rolar, pode ter certeza de que você ficará sabendo. Beijoooos
      Ps: Eu também sou uma romântica incorrigível, ehheheh

      Excluir
    3. Eu também adoraria ler a versão do Felipe, acredito que seria sensacional! Afinal, eu várias vezes me colocava no lugar dele haha.
      Estou aguardando!
      Beijos!

      Excluir