[Resenha] O diário de Suzana para Nicolas - James Patterson

Sinopse:


Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”.
Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida. O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou.

Minha opinião pessoal:

Imaginem uma história (quase) perfeita; é a história de Matt, Suzana, Katie e Nicolas...
O livro é narrado em duas (no final acrescenta mais uma, então: três) partes: Katie, que é narrado em terceira pessoa. E o Diário, que é narrado por Suzana. Nele, Suzana relata todos os acontecimentos antes e depois da vinda do "Nicolas, O Guerreiro"
Então, vamos por partes:
Katie: Logo no começo do livro me apeguei a Katie. Ela é uma mulher forte, independente e realizada na carreira profissional. Então ela conhece o poeta Matt Harrison, alto, forte e sedutor. E de repente Katie se vê perdidamente apaixonada por Matt.  E ao se entregar a essa louca paixão, Katie, acaba se "machucando" no final. Sem dar nenhuma explicação, Matt a deixa. E logo após, para desvendar todo esse mistério Katie tem em mãos o diário, e para conseguir ler até o final, ela precisava ser forte.
O diário: Agora é impossível não se apaixonar por Suzana, uma mulher meiga, carismática, feliz e acima de tudo ama todas as pessoas ao seu redor sem pedir nada em troca. Quando fui apresentada a essa personagem vivenciei o mesmo conflito de Katie, porque estava disposta a torcer por ela até o final do livro, me recusava a ficar do lado de Suzana, porém ao conhecer Suzana também estava torcendo para que o romance dela desse certo.
O romance entre os dois é uma coisa sem explicação. Matt é o homem dos sonhos de qualquer mulher. Educado, simpático e romântico. Quando conheceu Suzana fez de tudo para conquista-lá, e os dois acabam vivendo uma história de amor irresistível. 
Então, se você está disposto a ler esse romance já vou logo avisando: você vai ficar perdidamente apaixonada por esse trio amoroso. E as lágrimas será sua companhia até o final.

Classificação:



Trechos que marquei:

"Eu me apaixonei. Estou apaixonada. Então posso falar por experiência própria. Também tive longos períodos sem amor na minha vida e a diferença é indescritível. Nós é muito melhor do que eu."
"Imagine que a vida seja uma brincadeira em que você fica fazendo malabarismo com cinco bolas. As bolas se chamam trabalho, família, saúde, amigos e integridade. Você está mantendo todas as bolas no ar e um dia finalmente se dá conta de que o trabalho é uma bola de borracha. Se você a deixar cair, ela vai pular de volta. As outras quatro bolas - família, saúde, amigos e integridade - são feitas de vidro. Se você deixar cair alguma, ela vai ficar arranhada, ou lascada ou vai se quebrar de vez. Depois de compreender a lição das cinco bolas, você terá começado a atingir o equilíbrio na sua vida."
“Boas lembranças são como talismãs, Nicky. Cada uma delas é especial. Você as coleciona, uma a uma, até que um dia olha para trás e descobre que elas formam um longo cordão colorido.”
“… O amor entre duas pessoas pode durar muito tempo quando elas amam a si mesmo e estão prontas para dar amor a outra pessoa.”



Escrito por: Jhena Ferreira

Nenhum comentário :

Postar um comentário